Com aval e confiança de Felipão, Deyverson recusa oferta milionária da China


Ao longo da semana, uma proposta bombástica vinda da China mexeu com os bastidores do Palmeiras​Oferendo um caminhão de dinheiro, mais precisamente 15 milhões de euros (R$ 64 milhões), o Shenzhen FC ficou muito próximo de acertar a contratação do atacante Deyverson. Para a negociação ser sacramentada, só faltaria o ‘sim’ do próprio jogador.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Deyverson

​​Apesar do clube estar bastante inclinado em negociar o atleta, que conta com longo e problemático histórico disciplinar, Felipão comunicou em entrevista coletiva, concedida após o empate por 0 a 0 contra o Santos no último sábado (23), que o jogador já havia tomado sua decisão: permanecerá na Academia de Futebol.

Como destaca o ​Lance!, o ‘fico’ do camisa 16 contou com o aval do próprio comandante alviverde, que ainda acredita e confia em seu potencial. Contudo, Luís Felipe Scolari só poderá contar com Deyverson daqui há três partidas, já que o atacante ainda cumpre suspensão por uma cusparada em Richard, durante o dérbi. 

Com Deyverson fora de ação e Borja em péssima fase – o colombiano foi o destaque negativo do empate sem gols contra o Peixe -, a comissão técnica do Palmeiras busca soluções internas para a crise ofensiva vivida pelo clube. São apenas sete gols anotados em oito partidas disputadas na temporada, em sua maioria contra rivais de menor expressão.

Questionado sobre o tema, Felipão preferiu exaltar a quantidade de oportunidades criadas, prometendo evolução na conclusão das jogadas: O repertório está bom. O time tem criado oportunidades (…) O que podemos cobrar mais da equipe e dos jogadores é um pouco mais de qualidade no último chute, ou no último cabeceio, ou no passe final”, afirmou.

Vindo de dois 0 a 0 consecutivos, o Verdão buscará inspiração e volta por cima já na próxima quarta (27), quando recebe o Ituano no Allianz Parque.





Fonte: 90min

Comentários