Foi com emoção, mas o ​Atlético-MG conseguiu avançar à terceira fase prévia da Copa Libertadores. Em partida disputada no Estádio Independência, o Galo venceu o uruguaio Danubio por 3 a 2, gols de Luan e Ricardo Oliveira (2). Apesar do alívio com a classificação, a entrevista coletiva pós-jogo foi marcada por um assunto delicado.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Ao ser questionado sobre o acerto de ​Diego Tardelli com o Grêmio, Levir Culpi acabou entregando que o clube mineiro está em atraso junto aos jogadores, cravando que prefere a manutenção em dia dos atuais compromissos ao investimento em novos reforços: Todos nós gostaríamos de contar com o Tardelli (..) Mas entre escolher um jogador e deixar todos com problemas de pagamento. O pagamento está atrasado. Você ainda quer trazer um jogador recebendo um milhão de reais por mês?”, questionou.

Victor

Como destaca o ​UOL Esportes, o tema também foi abordado pelo goleiro Victor, que tratou a situação com diplomacia. O camisa 1 pregou profissionalismo e traçou um paralelo à situação dos bombeiros em Brumadinho (MG), que seguem trabalhando incansavelmente há 19 dias, mesmo com salários atrasados.

Somos profissionais. Eu não entro em campo pensando em dinheiro. Claro que a gente também depende disso aí, mas vou dar o exemplo dos bombeiros aqui em Minas, que salvaram vidas, buscando vítimas da tragédia de Brumadinho e estão com os salários atrasados. Então, a gente tem que saber diferenciar as coisas. Sabemos das nossas obrigações e, independentemente disso, vamos entrar em campo para fazer o nosso melhor e defender as cores do Atlético”, afirmou o goleiro.

​​





Fonte: 90min