Kaysar revela dor de cabeça após gravar cena de Órfãos da Terra


Kaysar em Órfãos da Terara (Divulgação: TV Globo)
Kaysar em Órfãos da Terara (Divulgação: TV Globo)

Kaysar Dadour que ficou conhecido por participar do reality show Big Brother Brasil, agora estará na novela Órfãos da Terra, próxima novela das seis da TV Globo. A emissora realizou a festa de lançamento do folhetim na noite da última quinta-feira (14), Kaysar esteve presente e falou sobre interpretar Fauze, um dos capangas do Sheik Aziz Abdallah. Confira:

Leia também: Órfãos da Terra: O encontro de palestinos e judeus na plural Vila Mariana

Como está sendo para você estar em uma novela depois do Big Brother?

Uma loucura, eu estou
muito feliz. Estou grato a Deus, grato ao Brasil, grato a todo mundo.
Estou bem animado e o coração está batendo muito forte por essa
novela maravilhosa, vai ser uma mensagem incrível. Por questão da
guerra, amor e tudo.

Como foi a preparação?

Eu contei um pouco da minha história, um ajuda o outro. Eu ajudo em árabe o que eu posso ajudar e eles me ajudam em português também. Eu estou estudando bastante, estou levando muito a sério e estou fazendo o melhor que posso.

Gravações

Como foi reviver tudo isso na pele? Porque as gravações foram bem tensas, criaram até um campo de refugiados no Rio de Janeiro.

No campo de refugiados, eu fiquei com dor de cabeça por três dias. Foi pesado para mim, mas é bom enfrentar os nossos medos para nos fortalecer. Eu fiquei muito emocionado, pensei que nunca iria ver essas coisas, mas de repente vi. Mas graças a Deus era só um cenário.

Você veio como refugiado para o Brasil, entrou no Big Brother e hoje faz uma novela na principal emissora do país. Como você vê isso na sua vida?

É ótimo! Eu sou grato a Deus por tudo, grato ao Brasil e a minha família. Eu não tenho nem o que falar, só tenho que ajoelhar e agradecer a Deus por tudo.

Recepção

Como está sendo o carinho dos atores com você? Porque a Grazi Massafera passou por algo parecido, mas conta que sofreu preconceito. Como está sendo com você?

Estou sendo muito bem recebido, graças a Deus. O Herson Capri me ajudou bastante, me deu umas dicas porque eu gravo muito com ele, afinal eu sou capanga dele. Ele que manda e o que ele quer eu faço. O Renato, a Alice, a Julia são sempre carinhosos comigo e me ajudam.

Para você qual é a importância da trama retratar o que você já passou?

A palavra-chave da
novela é empatia. Que o amor, traga amor. Se cada um de nós pensar
um pouco antes de fazer algumas coisas ruins no mundo, o mundo seria
maravilhoso. Porque a minha terra era linda, até agora na minha
cabeça é linda e vai continuar. O Brasil também é lindo, um país
lindo.

O seu personagem tem um pouco de vilão?

O Fauze é um capanga fiel do Sheik Aziz, ele faz tudo o que ele manda e só enxerga a realidade nele.

O que esperar…

O que podemos esperar de Órfãos da Terra?

Uma realidade sobre a
vida de refúgiados, amor e tudo.

Você está nervoso para a estreia?

Sempre bate um
friozinho na barriga, é a minha primeira novela. Eu estou ansioso e
nervoso.

Como surgiu essa proposta para fazer uma novela? Você já pensava em ser ator?

Eu comecei a estudar depois que saí do BBB e aí eu quis. Deus abriu o caminho na minha frente e eu tive a oportunidade de fazer o teste, estou estudando até agora. Graças a Deus passei no teste. E também tem o filme Carcereiros, que eu também fiz participação.



Fonte: Observatório da TV