Sinceridade: incomodado, Alexandre Mattos revela situação que irrita muito no Palmeiras


Quando se fala em executivo de futebol no Brasil, ​logo vem à cabeça a imagem de Alexandre Mattos do Palmeiras, tendo em vista que colecionou títulos importantes pelos times que passou nos últimos anos. Conseguiu vencer quatro Campeonatos Brasileiros e uma Copa do Brasil, ​somando as taças conquistadas no Verdão e no Cruzeiro. 

Apesar deste currículo invejável, Mattos ainda não está satisfeito pela forma como analisam seu trabalho. Em uma entrevista para o Sportv, nesta quinta-feira (14), o diretor executivo afirmou que há uma exigência muito pesada em cima dele.

A cobrança é exagerada em todos os sentidos. Se o Palmeiras não ganhar dando espetáculo, tem crítica. Se o Palmeiras perder, é a segunda guerra mundial lá dentro. Se ganhar dando espetáculo, é obrigação. Os outros clubes investem também, não somos favoritos a tudo. O Palmeiras deve ser um dos protagonistas, isso a gente exige”, comentou o executivo, que explicou como foi a operação para trazer o atacante Ricardo Goulart.

Você tem que ir lá, convencer o chinês a te emprestar de graça, convencer o chinês a pagar uma parte considerável do contrato, você tem que convencer o empresário do Ricardo e o Ricardo receber menos. A vontade do Palmeiras e a estrutura do Palmeiras foram determinantes”, disse. 





Fonte: 90min