Exposição no Metrô de SP sobre Penedo registra 1,5 milhões visitantes

As belezas de Penedo sendo divulgadas para o Brasil.

A exposição fotográfica do potencial turístico e histórico das cidades alagoanas de Penedo e registrou 1,5 milhões visitantes na primeira semana de aberta, nas estações do metrô de São Paulo. O sucesso foi tão grande que a concessionária decidiu ampliar o prazo para seis meses e não apenas três como estava previsto

Além de ser um exposição artística é uma grande campanha de marketing para divulgação desses dois novos destinos turísticos em Alagoas, que já despontam com essa grande oportunidade de divulgação proporcionado por nossa equipe formada por nós (Mozart Luna, jornalista) e por Evaldo Parreira (repórter fotográfico), e Jorge Luis (operador de drone), além do apoio fundamental das Prefeituras de Penedo, na pessoa do prefeito Marcius Beltrão e Piranhas, Maristela Sena.

Locais da exposição

A partir de agora as exposições de Piranhas e Penedo ficarão três meses em cada estação das linhas do Metrô, em sistema de rodízio. Na Linha Amarela, nos meses de abril, maio e junho estará a exposição de Piranhas, nas estações do metrô da Fradique Coutinho, Oscar Freire e Faria Lima.

Penedo estará na Linha Lilás nos meses de abril, maio e junho, nas estações de Santo Amaro, Largo 13 e Moema. Depois de três meses acontecer o rodízio passando Penedo para Linha Amarela e Piranhas para Lilás por mais três meses, perfazendo total de seis meses da exposição desses dois municípios alagoanos no metrô de São Paulo. Uma grande oportunidade para Alagoas mostrar que nosso Estado não tem só praia como atrativos turísticos, mas tem cultura e muita beleza natural no Sertão, com os Cânions do São Francisco.

Assim que foi dado o acesso ao público, centenas de pessoas, que iam para casa no final do dia foram ver a exposição e ficaram surpresas com a beleza de Piranhas e Penedo, mostradas na exposição.

Os organizadores agora trabalham para ampliar a exposição para todo Estado de Alagoas e para isso já garantiu o espaço nas estações do Metrô de São Paulo em 2020, podendo também ser levada para os Estados Unidos e Inglaterra.

Com informações de http://meioambienteeturismo.blogsdagazetaweb.com

Comentários