A escalação ideal com jogadores de Palmeiras e Santos

​No próximo sábado (18), o Campeonato Brasileiro de 2019 viverá as emoções de um clássico estadual muito pesado: ​Palmeiras e ​Santos se enfrentam no Pacaembu, partida que envolve líder e vice-líder da competição, ambos com 10 pontos e ainda invictos em quatro rodadas disputadas. Com base nas prováveis escalações que serão promovidas por Felipão e Sampaoli e no momento técnico vivido por cada atleta, confira nossa escalação ideal com jogadores alviverdes e alvinegros:

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Weverton (Palmeiras)

Weverton

Apesar de Weverton ainda ser estigmatizado e visto por muitos como um goleiro comum, seu desempenho desde que assumiu a titularidade absoluta prova o contrário. Além de ter emplacado grande sequência sem ser vazado em 2018, foi o goleiro que menos sofreu gols na primeira fase da Libertadores deste ano. Vive momento melhor que Vanderlei.


Marcos Rocha (Palmeiras)

Marcos Rocha

Ainda que veterano, Marcos Rocha mostra que ainda tem muita ‘lenha para queimar’ na Série A. É um dos laterais mais regulares do futebol brasileiro há anos e homem de confiança de Felipão, especialmente quando está em boa forma. Tecnicamente superior ao santista Victor Ferraz, apesar deste estar crescendo sob comando de Sampaoli.


Gustavo Gómez (Palmeiras)

Gustavo Gomez

Tiro certo do Palmeiras na temporada passada, Gustavo Gómez já se consolidou como um dos três melhores zagueiros em atividade no Brasil. Firme, técnico, forte no jogo aéreo defensivo e ofensivo, é um dos xodós da exigente torcida alviverde. Quando o paraguaio está em campo, é quase garantia do zero no marcador do adversário.


Luan (Palmeiras)

Luan

Gustavo Gómez já é excelente por si só, mas a companhia de Luan potencializa a sua qualidade. O ex-vascaíno completa o estilo de jogo do paraguaio, e a sintonia entre eles acaba se materializando nos números: 832 minutos totais consecutivos sem sofrer gols quando esta dupla entra em campo junta. Levam vantagem sobre Gustavo Henrique e Aguilar.


Jorge (Santos)

Único representante alvinegro no sistema defensivo desta seleção, Jorge belisca vaga por seu impacto ofensivo imediato na equipe da Vila Belmiro. Com gols e muita participação no ataque, o jovem lateral tem sido uma arma importante no esquema de Jorge Sampaoli, criando problemas para o lado direito das defesas rivais. Supera Diogo Barbosa no momento.


Felipe Melo (Palmeiras)

FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-MELGAR

Abrindo o meio-campo, temos uma excelente disputa entre Felipe Melo e Diego Pituca, dois jogadores que têm se destacado neste início de 2019. Os dois estão em grande forma e são fundamentais para o bom funcionamento de suas respectivas equipes, fazendo desta uma briga acirrada. O palmeirense leva ligeira vantagem por sua bagagem e experiência.


Bruno Henrique (Palmeiras)

Bruno Henrique

Ponto de equilíbrio do time alviverde, Bruno Henrique é a engrenagem principal do meio-campo palmeirense, exercendo com maestria a função de conectar defesa e ataque, além de funcionar como elemento-surpresa pisando na área adversária e anotando gols. Vive fase esplêndida, batendo com sobras o jovem santista Jean Lucas.


Carlos Sánchez (Santos)

Carlos Sanchez

Por falar em engrenagem, Carlos Sánchez é exatamente isto para o meio-campo santista, o que lhe garante posição nesta seleção. Além de combativo e incansável, é muito importante para a produção ofensiva alvinegra, sempre anotando seus golzinhos ou dando assistências. Compete com Raphael Veiga e leva vantagem, já que o palmeirense não é titular absoluto.


Jean Mota (Santos)

Jean Mota

O potencial técnico de Zé Rafael, que vem substituindo Goulart (lesionado), é superior ao de Jean Mota. Contudo, o meia santista bate o rival alviverde por estar dando retorno esportivo bem maior em comparação ao ex-Bahia. Jean é o artilheiro do Peixe na temporada, enquanto Zé Rafael ainda busca seu melhor encaixe na Academia.


Dudu (Palmeiras)

Dudu

Melhor jogador do Brasileirão 2018, Dudu ainda está distante de sua melhor forma neste início de temporada, o que não diminui sua importância para o sucesso alviverde. É o craque do elenco e referência do sistema ofensivo, com quase todas as ações de ataque passando pelos seus pés. Apesar de Soteldo ser um bom valor, vantagem ao camisa 7 da Academia.


Rodrygo (Santos)

Rodrygo

Ótima visão de jogo, veloz, bom driblador e exímio finalizador. Rodrygo tem todas as características de um atacante difícil de ser marcado, e parece estar voltando a exibir o futebol que o colocou na lista de desejos do Real Madrid, seu futuro clube. Como o Santos alterna em esquema e geralmente não joga com 9, o alvinegro ganhou a vaga sobre Deyverson.


Jorge Sampaoli (Santos)

FBL-SUDAMERICANA-SANTOS-RIVERURU

Respeitando o enorme e vitorioso currículo de Felipão e sua filosofia de trabalho que segue produzindo resultados apesar de todas as contestações, Jorge Sampaoli promoveu uma revolução de mentalidades na Vila tem feito sua equipe mostrar mais futebol em comparação ao veterano alviverde, mesmo com material humano consideravelmente inferior.





Fonte: 90min