Apesar dos elogios, Diniz faz alerta sobre necessidade de Flu saber definir jogos

​Até os 48 minutos do segundo tempo, mesmo no Maracanã, o ​Fluminense não conseguiu traduzir em gols a sua superioridade diante do ​Cruzeiro, em duelo válido pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. E pior: se não fosse o gol, no apagar das luzes, do garoto João Pedro, o Tricolor teria perdido uma partida em que teve mais posse de bola e maior número de chances para marcar

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Portanto, mesmo que a atuação tenha sido digna de elogios, o técnico Fernando Diniz fez uma importante ressalva. “Independentemente do resultado, o Fluminense precisa ser elogiado. Podíamos ter perdido e mesmo assim merecíamos esse elogio. Jogamos contra um adversário que se defende muito bem e tivemos um número alto de finalizações. Mas precisamos colocar a bola para dentro do gol. E eu sei que a bola vai passar a entrar”, disse o comandante da equipe.

Com o empate em 1 a 1, o duelo está totalmente aberto. No próximo dia 5 de junho, no Mineirão, uma nova igualdade levará a definição do classificado para os pênaltis. E quem vencer garantirá a vaga. Antes disso, Fluminense e Cruzeiro voltam a se enfrentar neste sábado (18), novamente no Maracanã, desta vez pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Para mais notícias do Fluminense, clique ​aqui.





Fonte: 90min