Atlético-MG apresenta novo uniforme com otimismo em relação aos lucros e futuro

​A partir de agora, o Galo, mascote oficial e apelido do Atlético-MG, estará presente na camisa do time em todas as partidas dessa temporada. Trata-se da nova fornecedora esportiva do clube mineiro, a Le Coq Sportif (O Galo Esportivo). O novo uniforme será usado pela primeira vez no jogo deste sábado, às 19h, contra o Flamengo, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

O desfile mostrou todos os modelos que serão usados pelo Galo em 2019. Linha de jogo, treino e casual. A camisa principal tem listras mais grossas, escudo maior e os detalhes dos patrocínios em preto e branco, em alusão as cores do clube.

– Uma das coisas interessantes nessa parceria e nesse modelo de contrato é que tudo que você comprar da Le Coq, mesmo não tendo a marca do Galo, o Atlético tem participação. No material esportivo do Atlético nós temos uma grande participação. Dependendo da venda e da aceitação do torcedor, nós podemos ter o maior patrocínio esportivo da história do Galo – destacou o diretor do clube, Lucas Couto.

Antes da apresentação, o presidente Sérgio Sette fez um pronunciamento sobre o projeto da atual diretoria. Segundo o dirigente, o objetivo é cuidar da saúde financeira do clube e com isso colher bons resultados no futuro. 

 

– Desde que assumi a presidência do Clube Atlético Mineiro, deixei claro a todos que iríamos imprimir ao clube uma administração que possibilitasse alcançar voos altos nos futuro. Isso, no entanto, tem nos obrigado a fazer sacrifícios e escolhas duras, muitas vezes não compreendidas. Nosso país passa nos últimos anos por momentos de considerável dificuldade econômica. Implicando dizer que todos os setores, principalmente os clubes de futebol, precisam se adaptar a essa nova realidade, buscando soluções ousadas, sem ultrapassar as raias da responsabilidade e dos limites que a lei nos impõe cada dia com mais rigor. 

– Encontrar uma solução que permita reequilibrar as finanças do clube e a manutenção de um elenco de qualidade, é um desafio gigantesco, mas que fará toda a diferença no futuro não muito distante. Para estas conquistas, conclamo aqui o nosso maior patrimônio: a torcida do Clube Atlético Mineiro – disse Sette Câmara, que prosseguiu:

– Com o apoio dessa massa apaixonada, abraçando e empurrando o time, apoiando as ações da diretoria e acreditando que elas tem o propósito de proporcionar um futuro promissor. Não tenho dúvida de que todo esse sacrifício valerá muito a pena. Vem aí um novo Galo. Mais pujante, mais organizado, com boa saúde financeira e a nossa Arena MRV. Tudo isso nos proporcionará as condições para a montagem de times fortes para conquistar mais títulos importantes. Tomemos o remédio necessário agora. Não há outro caminho.


– Nossa nova fornecedora de esportes, a empresa francesa Le Coq Sportif, era um sonho antigo que hoje se torna realidade. Não poderíamos estar fazendo um casamento melhor. Essa gigante do ramo esportivo, que iniciou suas atividades no ano de 1882, se junta agora ao Galo, que completou 111 anos de glórias e grandes conquistas. Esta parceria fará história, tenho certeza, de muito sucesso. E sim, C’est le coq. Aqui é Galo! – finalizou o presidente atleticano. 


Diferentemente dos outros anos, os lojistas só receberão a nova camisa nesta sexta-feira de manhã, para evitar que qualquer imagem da nova camisa fosse vazada antes do lançamento oficial. Por causa disso, às vendas do novo uniforme do Galo começarão após às 12h. A nova camisa alvinegra vai custar R$259,90, preço da versão masculina, R$229,90, custo das versões feminina e infantil. 

Fotos: Fábio Figueiredo.



Fonte: 90min