Dani Alves tranquilo, PSG preocupado: lateral pode jogar a Premier League

​É no fim de junho que se encerra o contrato de Daniel Alves com o Paris Saint-Germain. E o clube já se mostra incomodado sobre a demora do lateral-direito em definir o seu futuro. Uma oferta de renovação por mais um ano já foi apresentada e recusada pelo jogador, que trabalha também com a possibilidade de atuar na Premier League a partir da temporada 2019/2020.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

FBL-FRA-CUP-RENNES-PSG

A princípio, o atleta de 36 anos gostaria de assinar um novo vínculo por, no mínimo, mais duas temporadas. Por isso, não demonstra pressa para confirmar o seu destino. “Por enquanto eu não tomei uma decisão para o meu futuro. A única pista que eu posso dar é que eu tenho um monte de opções. Não é algo que eu goste de pensar. Eu tenho um contrato até o fim de junho e, neste período, vou me doar 200% ao PSG. Se eu ficar, vou continuar fazendo o meu melhor. Se não, vou fazer o meu melhor em outro lugar, mas continuarei grato pelas oportunidades recebidas”, disse o atleta à emissora espanhola Antena 1.

Pep Guardiola

Conforme informação do ​Uol Esporte, a amigos próximos Daniel Alves confidenciou que a permanência em Paris é prioridade. No entanto, clubes de ponta da Inglaterra estão mais propensos a garantir uma estabilidade ao lateral. Antes de transferência para a atual equipe, Chelsea, Manchester United e Manchester City tentaram a sua contratação. À época, inclusive, o jogador chegou a assegurar ao técnico Josep Guardiola que trabalharia com ele, algo que não aconteceu. No momento, ainda existe a confiança de que os dirigentes franceses possam aumentar o tempo de contrato, uma vez que o outro lateral-direito do elenco, o belga Meunier, tem compromisso até 2020 e não manifestou interesse na renovação.





Fonte: 90min