Estado do Vaticano monta time feminino e programa amistoso contra a Roma

Cidade-Estado soberana controlada pela Igreja Católica, o Vaticano anunciou que terá um time de ​futebol feminino, quase meio século (48 anos) após a fundação de sua equipe masculina. A iniciativa faz parte de um movimento organizado em solo italiano de apoio e investimento na modalidade, cada vez mais valorizada no país europeu.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com ​O Tempo, a equipe contará com três jogadoras que já tiveram experiência profissional prévia, incluindo a atacante camaronesa Eugene Tcheugoue, escolhida para ser a capitã. O restante do elenco será completado por atletas amadoras.

Caberá à Susan Volpini, secretária da Associação de Mulheres do Vaticano, a missão de treinar e conduzir o time que, apesar de recém-criado, já tem os seus primeiros compromissos agendados. No próximo dia 26 de maio, a equipe do Vaticano disputará amistoso local contra a Roma, que terminou em quarto lugar no Campeonato Italiano de 2018/19.

AS Roma v ACF Fiorentina - Women Coppa Italia

Nas palavras de Danilo Zennaro, representante da Associação Esportiva do Vaticano, o resultado final da partida contra a Roma não é relevante. O que faz esse amistoso contra uma das equipes mais fortes do país valer a pena é a troca de experiência, e seu significado.

“Mesmo que elas percam de 30 a 0, isso não importa. O que importa é que essas mulheres tenham a oportunidade de conhecer jogadoras profissionais. Ganhando ou perdendo, trata-se também de criar conexões e amizades. Temos um time masculino há 48 anos, então era o certo oferecer a possibilidade às mulheres que trabalham no Vaticano de praticar o esporte”, afirmou.





Fonte: 90min