Galo já tem planejamento estipulado para retorno em definitivo de Cazares

​O meia Cazares ficou de fora do time do Atlético-MG desde a partida de ida da final do Campeonato Mineiro. Em função de um edema na coxa esquerda, esteve em recuperação por um mês. Agora, o clube trata com absoluto cuidado o retorno do atleta aos gramados. A ideia é não utilizá-lo com tanta frequência, ao menos em um primeiro momento, justamente para evitar novos problemas.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Na última quarta-feira, quando o Galo empatou em 0 a 0 com o Santos pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, ele atuou por 31 minutos. E, daqui em diante, será assim. Gradativamente, ele ganhará novas chances até estar efetivamente pronto para ter uma maior sequência. “Ele é um jogador muito acima da média, um jogador do último passe que a gente tanto precisa. Ou seja, é aquele cara da criação que todos cobram. Mas precisamos ter o devido cuidado. Antes do duelo contra o Palmeiras (derrota por 2 a 0, pelo Brasileirão), ele já estava liberado e vinha treinando em dois períodos, mas não era momento de colocá-lo. Poderia estourar”, destacou o técnico interino Rodrigo Santana.

Claro, a hora de o gringo ser novamente titular irá chegar. O meio-campista, inclusive, deve entrar no chamado rodízio de peças. Só que quando isso irá acontecer ainda não está definido. “Precisamos ter coerência junto ao grupo. Temos o Nathan, que vinha de dois jogos como titular e fazendo gol, o Vinicius, que vinha jogando bem. Era a vez deles. Agora vamos conversar e, com o desgaste, a tendência é rodas o elenco. O Cazares vai ganhar ritmo e logo se verá ele entre os titulares”, completou o treinador. Neste sábado (19h), no Independência, o Atlético Mineiro recebe o Flamengo pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Para mais notícias do Atlético-MG, clique aqui.





Fonte: 90min