Globo e Sony fecham acordo para produção de séries em inglês


A Globo e a Sony Pictures Television anunciaram, nesta sexta-feira (17), um acordo para a produção de seriados em inglês. O anúncio ocorreu durante a LA Screenings, feira de TV que acontece nesta semana em Los Angeles (EUA). Junto com a produtora Floresta, as empresas vão coproduzir duas séries: O Anjo de Hamburgo e Rio Connection. É a primeira incursão da Globo em programas de língua inglesa. 

A Sony vai distribuir as atrações em todo o mundo, para todas as mídias, enquanto a Globo ficará com os direitos no Brasil, para veiculá-los em TV aberta e no Globoplay. A rede também será responsável pela cessão de seus artistas. Para O Anjo de Hamburgo, por exemplo, foram escalados Sophie Charlotte e Mateus Solano. Rio Connection ainda está em fase de pré-produção. 

As duas séries serão conduzidas por Monica Albuquerque, diretora de Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico, e Silvio de Abreu, diretor de Dramaturgia –ambos da Globo. A produção-executiva será de Elisabetta Zenatti, uma das sócias da Floresta, e de Ricardo Waddington, diretor de produção da rede. Ainda não há previsão de estreia para as obras. 

O Anjo de Hamburgo conta a história de Aracy de Carvalho (1908-2011), uma funcionária do consulado brasileiro em Hamburgo e casada com o renomado autor João Guimarães Rosa (1908-1967). Aracy ajudou centenas de judeus a escaparem para o Brasil durante o regime nazista. 

A personagem será vivida por Sophie, que apesar de morar no Brasil nasceu em Hamburgo e fala alemão fluente. Estão cogitados para a produção atores como Fernanda Montenegro e Antonio Fagundes. A direção será de Jayme Monjardim. 

RIICARDO cOHEN/tv gLOBO

Executivos da Globo e da Sony na Los Angeles após anúncio de parceria para produzir séries

Já Rio Connection mostrará uma quadrilha do crime organizado europeu que elegeu o Brasil como ponto estratégico para distribuição de heroína para os Estados Unidos na década de 1970. Nenhum ator foi escalado para a produção até o momento. 

Se bem-sucedida, Globo e Sony não descartam produzir novos programas no futuro. As empresas já são parceiras na exibição de filmes em TV aberta, o que ressalta a boa relação entre elas.




Fonte: Notícias da TV / UOL