Luxemburgo assume Vasco e precisa reorganizar defesa do time

​O ano do ​Vasco da Gama não está sendo fácil. Após ser campeão da Taça Guanabara invicto, o time caiu de rendimento e acumulou duas derrotas nas finais da Taça Rio e do Campeonato Carioca para o rival Flamengo. O início do Brasileirão é o pior na Era dos Pontos Corridos, 3 derrotas e 1 empate, ou seja, apenas 1 ponto conquistado de 12 possíveis, deixando o clube como o lanterna da competição.

Vanderlei Luxemburgo

Nesse cenário conturbado assume ​Vanderlei Luxemburgo. O experiente e vitorioso técnico brasileiro assume o desafio de reerguer o time que ainda conta com desfalques importantes. Luxa comanda o ​Cruz-maltino após um período de testes realizado por Marcos Valadares, interino que assumiu depois da saída de Alberto Valentim. Valadares arriscou vários esquemas e escalações diferentes, tentando preencher vagas que estavam em aberto por causa de lesões ou por mau desempenho dos jogadores.

A defesa é o que mais preocupa agora. O time, junto com a Chapecoense, tem a zaga mais vazada entre os clubes da elite do Brasileiro, 31 gols em 28 jogos em 2019. Fernando Miguel e Leandro Castán, peças muito importantes para a zaga vascaína, estão fora por conta de lesões. Com o goleiro em campo, a média de gols sofridos por jogo era de 0,81, sem ele, a média subiu para 2,1. Em pouco tempo, a vaga dele foi assumida por três arqueiros diferentes: Gabriel Félix, Alexander e Sidão. A volta de Miguel só é prevista para depois da pausa para a Copa América, o que preocupa os torcedores.

Leandro Castan

Castán pode estar de volta ao time já no domingo, no jogo contra o Avaí em São Januário. A partida é a de estreia de ​Luxemburgo e uma ótima chance para o Vasco conquistar a primeira vitória no campeonato. Breno, ex-Bayern de Munique, também está no departamento médico e tem chance de voltar a jogar depois da Copa América. O zagueiro é cotado para assumir a vaga de Werley e formar uma dupla nível Europa com Leandro Castán. 

“Acho que agora é vida nova. O professor conversou com a gente, o que ficou para trás não importa, e nós temos agora um recomeço. Tivemos um começo ruim da competição, nós largamos mal no campeonato, mas temos oportunidade de já no domingo fazer uma grande partida. A ideia é dar uma arrancada no campeonato, nossa equipe não merece estar ali, e agora, com a ajuda do professor que chegou, tenho certeza que vamos sair dessa situação”, disse Castán em entrevista coletiva.

Após ser eliminado da Copa do Brasil, o Vasco tem apenas o Brasileirão como foco para o ano. O próximo confronto do Cruz-maltino é no domingo, em casa contra o Avaí às 19h.





Fonte: 90min