O Sétimo Guardião: Judith bebe chá da morte e salva a vida de Gabriel


Isabela Garcia será a estrela do penúltimo capítulo de O Sétimo Guardião, nesta quinta (16). Sua personagem, Judith, salvará a vida de Gabriel (Bruno Gagliasso) ao impedir que o mocinho tome uma xícara de chá envenenado que ela daria ao padre Ramiro (Ailton Graça). A governanta terá atitudes suspeitas. Antes de ser desmascarada por Valentina (Lilia Cabral), assumirá que é a assassina de guardiões e se matará.

“O seu…. eu tomei. Seu pai me mandou fazer isso, assim como mandou matar vocês todos”, admitirá ela. “Você está confessando que… Matou os cinco guardiões?”, pergunta Gabriel. “A ideia era matar os sete. Mas sobraram dois. Eu fracassei… E fui punida por isso”, ela responderá.

“Egídio mandou matar os guardiões?”, indagará Murilo (Eduardo Moscovis. “No dia em que invadiram o casarão. Vocês não conseguiram manter o segredo da fonte e tinham que morrer por causa disso”, contará Judith.

Prestes a morrer, Judith ouvirá a voz de Eurico (Dan Stulbach) vinda de fora. “Olavo está aqui fora pra invadir de novo o casarão, quer furar um buraco na gruta até chegar na água!”, gritará o político.

A governanta, então, fará um último pedido aos guardiões que restaram. “Protejam… A água!”, implorará ela.

Briga de líderes

Mesmo em despedida, a novela de Aguinaldo Silva terá cenas dispensáveis, como a de Feijão (Cauê Campos) teimando em não tirar a camiseta. Judith mandará ele fazer isso para provar a Gabriel que tem a marca de nascença dos predestinados a serem líderes da irmandade. O menino ainda acusará Gabriel de racismo por não acreditar somente na palavra dele.

Será Valentina quem fará o garoto cair na real. Ela ameaçará pegá-lo pelas orelhas e jogá-lo para morar na rua novamente. Enquanto isso, o público verá a continuação da conversa de Luz (Marina Ruy Barbosa) com Afrânio (Eriberto Leão).

Indiana Jones

O arqueólogo explicará que o sítio arqueológico que ela encontrou deve ser vestígio de uma sociedade indígena que sumiu. Para despistar que Luz vai ficar sozinha no final, a ruiva e Júnior (José Loreto) darão um beijaço para comemorar a aventura que tiveram –algo que raramente acontece no noivado da mocinha da novela das nove.

Eurico (Dan Stulbach) vai espernear por terem roubado seu “tesouro”. Marilda (Letícia Spiller) deixará escapar um sorriso maroto, indicando que está por trás do sumiço do dinheiro. Depois, o prefeito pedirá mais grana a Olavo (Tony Ramos) e levará um fora. Só aí é que a primeira-dama confessará que foi ela quem pegou o “pote de ouro” do marido e levou para um doleiro colocar em um paraíso fiscal.

Nicolau (Marcelo Serrado) aparecerá planejando faturar alto ao denunciar Olavo por assediar Rivalda (Giulia Gayoso). Ao mesmo tempo, a ninfeta golpista estará fazendo massagem no milionário para agradá-lo. O roteiro indica que o coroa ficará suando, excitado com a situação.

Cura gay

Stela (Vanessa Giácomo) falará com Adamastor (Theodoro Cochrane) sobre sua revelação. Ele contará que nunca teve coragem de “viver” sua homossexualidade porque sofreu muito bullying desde que era pequeno. Contará até que chegou a pensar que a “cura gay” fosse possível para salvá-lo do preconceito à sua volta.

No cabaré, Peçanha (Felipe Hintze) contará a Marcos Paulo (Nany People) que era  virgem até conhecê-la. A química falará que após sua cirurgia de redesignação sexual também não tinha transado com ninguém até ficar com o policial.

O capítulo terminará com Olavo invadindo o casarão de Gabriel. Eurico tentará avisar o guardião-mor e será baleado por Sampaio (Marcello Novaes). O mocinho e Murilo (Eduardo Moscovis) vão pegar suas armas para defender o imóvel.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de O Sétimo Guardião e de outras novelas! 




Fonte: Notícias da TV / UOL