Rodrigo Cunha apura crédito abusivo a aposentados do INSS

Assessoria

O senador Rodrigo Cunha promoveu nesta quinta-feira audiência pública na Comissão de Transparência, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado (CTFC) para apurar o vazamento de dados de aposentados do INSS, e que tem gerado ofertas abusivas de crédito a essa população. Durante a audiência foi mencionado que nos últimos três anos mais de 100 mil reclamações sobre crédito consignado teriam sido feitas.

 

“O idoso é extremamente vulnerável, e nós percebemos que em grande parte dos casos, antes mesmo de receber a notificação do INSS sobre sua aposentadoria, o aposentado recebe a ligação de dezenas de instituições financeiras oferecendo crédito”, apontou o senador Rodrigo.

Na audiência, o presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira, admitiu que há um problema na segurança dos dados dos segurados, e que vazamentos têm acontecido. Ele informou que há um grupo de trabalho atuando para apurar as reclamações que têm surgido nesse sentido.

 

O vazamento de dados de aposentados a instituições financeiras foi alvo de uma operação da Polícia Federal, que identificou que um servidor do INSS estaria vendendo as informações dos segurados. Durante a audiência pública, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) afirmou que a concessão de crédito consignado tem se tornado um grande problema no Brasil. Esse assunto tem relação direta com o superendividamento das famílias, uma chaga que tem acometido uma larga parcela da população. Resolver esse grave problema tem sido outra preocupação do senador alagoano.

Com assessoria