Zagueira do Corinthians segue com a seleção mesmo depois de ter sido cortada

Fora da Copa do Mundo, a experiente zagueira Erika, do Corinthians, segue concentrada com a delegação brasileira, na França, para dar apoio e suporte para as companheiras. A jogadora de 31 anos foi cortada após lesão muscular na perna esquerda e deu espaço para Daiane. 

FBL-WC-2019-WOMEN-BRA-PRESS CONFERENCE

De acordo com informações do ​UOL Esporte, a comissão técnica da seleção afirmou que Erika pode ficar na seleção por quanto tempo quiser. A atleta segue o tratamento da lesão com os mesmos profissionais que cuidavam de sua entorse no tornozelo. O Corinthians tem conhecimento da situação e liberou a jogadora.

Em sua última entrevista coletiva, o treinador Vadão comentou sobre a perda da jogadora. “Nós perdemos a Erika, uma atleta extremamente experiente. Ela teve uma evolução muito grande, jogou aqui na França [no PSG], e o momento dela no Corinthians era muito bom. Nos últimos jogos em que esteve conosco, ela participou como titular”, lamentou.

A Copa do Mundo da França, de 2019, é a segunda que Erika perde por lesão. Em 2015, a zagueira foi convocada para o lugar de Bruna Benites, lesionada, mas também acabou se machucando e ficando fora antes mesmo da estreia. 





Fonte: 90min