Antes fora dos planos, meia vai ganhar nova oportunidade no Botafogo; saiba os motivos

O Botafogo se aproxima de retornar à ativa na temporada após o fim da pausa no calendário por conta da Copa América. No domingo (14), às 16h, o Alvinegro vai até Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro, em duelo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Convivendo com a dificuldade de colocar em dia os salários do elenco, o clube deve apostar mais uma vez em um jogador que estava fora dos planos.

Há algumas semanas, a saída de Leo Valencia era dada como certa. No entanto, o chileno de 28 anos, que acumula nove partidas na temporada (cinco como titular e sem gols marcados), receberá nova oportunidade. O Fogão não fazia questão de seguir com o jogador, que recebe R$ 250 mil, salário considerado alto, mas duas questões fizeram o clube mudar de ideia.

FBL-SUDAMERICANA-BOTAFOGO-NACIONAL

A equipe da Estrela Solitária esperou algum tempo por uma proposta financeiramente boa pelo atleta, o que acabou não acontecendo. A Universidad de Chile chegou a tentar repatriar o jogador, mas não estava disposta a investir na contratação. O segundo ponto que fará o Botafogo insistir no meia é a dificuldade para buscar um novo camisa 10 no mercado. Um reforço só poderia chegar caso os vencimentos fossem colocados em dia.

Com contrato válido até o dia 9 de julho, o jogador, que desembarcou em General Severiano em 2017 com a missão substituir Montillo, terá uma renovação automática do vínculo até julho de 2020. O disposto no acordo impede que ele assine com outra equipe e saia de graça. Insatisfeito com as poucas oportunidades, o meia se reuniu recentemente com a diretoria e teve a garantia de que voltará aos planos do técnico Eduardo Barroca.





Fonte: 90min