Atacante comemora chance e vê grupo da Chape com DNA para deixar o Z-4

​Contratado no início do ano, Aylon pouco atuou pela ​Chapecoense. Por conta de lesões, disputou apenas 14 jogos até o momento, sendo seis como titular. Quando esteve em campo, marcou três gols, mas nenhum pelo Campeonato Brasileiro, competição que será retomada no próximo final de semana. No entanto, diante das baixas no elenco, o atacante deve ser titular no domingo, diante do ​Atlético-MG.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Durante a intertemporada, o técnico Ney Franco viu nele as características necessárias para melhorar o desempenho ofensivo da equipe. E Aylon, claro, não esconde a felicidade. “É a minha oportunidade. Vou ficar muito feliz se realmente tiver a chance. No início do ano, acabei me machucando, não tive uma pré-temporada efetiva. Agora, começando do zero, espero estar na forma ideal para dar o meu melhor”, disse o atleta.

Com apenas oito pontos conquistados em nove rodadas, a Chape ocupa a 17ª colocação na tabela. Ou seja, está dentro da zona de rebaixamento. Pois o atacante vê no elenco características importantes para sair desta situação. “Os jogadores que estão aqui são de brigar, de lutar por todas as bolas e não desistir. A Chapecoense sempre teve esse DNA, e é o que vai aparecer logo ali na frente. O duelo contra o Galo será na Arena Condá.

Para mais notícias da Chapecoense, clique ​aqui.





Fonte: 90min