Atacante Everton define prazo para falar sobre o seu futuro

​Após ser um dos protagonistas do título da Seleção Brasileira na Copa América, Everton está de volta ao Grêmio. Muito badalado por suas grandes atuações com a camisa amarelinha, o atacante, mais do que nunca, desperta o interesse do futebol europeu. Já à disposição do técnico Renato Portaluppi para o confronto desta quarta-feira (10), contra o Bahia, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o atacante, em entrevista coletiva, estabeleceu um prazo para falar sobre qualquer tipo de negociação envolvendo seu nome.

Os três gols marcados na competição pela Seleção brasileira certamente irão valorizá-lo, sendo que o jogador disse que só falará em uma possível saída após o duelo contra o time baiano na Arena do Grêmio. Ele quer se manter focado e ajudar o tricolor gaúcho neste jogo decisivo após a pausa do futebol brasileiro. O capitão ​Maicon, que também falou nesta terça (09) à imprensa, disse que, cedo ou tarde, o atacante será vendido.

Everton

Depois do jogo, na quarta, posso falar algo, me posicionar. Não é o momento de criar expectativa, ansiedade. Temos um jogo importante e quero jogar para ajudar” falou Everton Cebolinha.

O artilheiro da Copa América mudou a cara da seleção comandada pelo técnico Tite, sendo um dos destaques da campanha vitoriosa no Brasil. Ele também contou que só sairá do clube gaúcho caso a proposta seja boa para todos os envolvidos na negociação. Até lá, seguirá focado em ajudar o tricolor a buscar seus objetivos e conquistar vitórias nas competições em que o time segue vivo. 

“Não digo que seja o momento de sair do Grêmio. Se chegar algo que eu entenda que for bom para mim, para o clube, vamos conversar. Tem que ver questões financeiras, técnicas. Não adianta sair de um clube no qual me sinto bem para uma liga europeia para não jogar. Isso não vai me agradar” relatou.

Cebolinha soma até aqui 227 partidas e 56 gols atuando pelo Grêmio, 10 deles marcados somente no ano de 2019. Na seleção, foram 6 partidas na Copa América de 2019 e 3 gols feitos, buscando a artilharia da competição ao lado de Paolo Guerrero, do Peru. Ele já chamou a atenção de clubes europeus como Milan, Bayern de Munique e Manchester City. O tricolor gaúcho almeja faturar entre 40 e 50 milhões de euros com a venda de Everton (entre R$ 170 e 210 milhões na cotação atual).





Fonte: 90min