De olho no mercado, Botafogo define futuro de dois titulares de Barroca; veja os detalhes

Após a parada para a Copa América, o ​Botafogo retoma as suas atividades na temporada. Sem dinheiro para investir em grandes contratações, o Glorioso já começa a pensar no contrato de renovação de vários jogadores do elenco comandado por Eduardo Barroca. No total, o clube alvinegro tem oito atletas com vínculos se encerrando em 31 de dezembro, ou seja, por lei, já podem assinar um pré-contrato com outras equipes. 

De acordo com reportagem do ​GloboEsporte.com, a diretoria botafoguense já começou as tratativas para prorrogar os vínculos do goleiro Diego Cavalieri e do atacante Rodrigo Pimpão. No caso do ponta de 31 anos, que está no Glorioso desde 2016, a renovação é o mais provável dos caminhos e só falta ao clube definir um modelo de negócio. 

Diego Cavalieri

Cavalieri é outro que se sentará com os dirigentes em General Severiano ao longo da semana. O goleiro de 36 anos chegou ao Botafogo em janeiro e só disputou cinco jogos na temporada. Ainda assim, o presidente Nelson Mufarrej é a favor da manutenção do goleiro, principalmente com a possibilidade de vender Gatito Fernández – o Porto (POR) tem interesse em levar o paraguaio. 

Nos últimos anos, o Alvinegro tem optado por uma política de contratos curtos exatamente pela grave crise financeira que atinge o clube. Além de Cavalieri e Pimpão, mais seis atletas do elenco de Barroca podem assinar um pré-contrato com outras equipes. São eles: Cícero, Gilson, Lucas Campos, Pachu, Victor Lindenberg e Yuri.

Após a Copa América, o Botafogo volta às atividades, no próximo domingo (14), diante do Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso vem fazendo ótima campanha na competição e ocupa a sétima posição, com 15 pontos. Na Copa Sul-Americana, o Glorioso joga a partida de ida das oitavas de final contra o Atlético-MG, no Engenhão, no dia 24 de julho. 





Fonte: 90min