É de enlouquecer! Volta ao Brasileirão fica esvaziada, mais uma vez, por culpa dos clubes

O Campeonato Brasileiro, é verdade, diz muito sobre a capacidade de um grupo de atletas. É na competição de longo prazo que se vê o real potencial de jogadores que normalmente ficam na reserva e que, por conta de lesões e suspensões, acabam tendo bem mais oportunidade do que em um torneio de mata-mata. Mas daí a sair poupando sem qualquer critério, depois de um mês inteiro dedicado a treinamentos, é ir contra qualquer princípio lógico.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

FBL-LIBERTADORES-MINEIRO-NACIONALURU

Antes mesmo da rodada do meio de semana da Copa do Brasil, já se sabia que nomes importantes não atuariam no final de semana, por exemplo, em Grêmio, Internacional, Atlético-MG entre outros. Não seria mais válido aguardar, no mínimo, uma avaliação médica? Os times vêm de longa parada, os atletas precisam readquirir ritmo de jogo e entrosamento e, mesmo assim, do nada se decide por trocar a formação para um duelo que tem valor, afinal, é a retomada da principal disputa do calendário nacional.

Odair Hellmann

A mim, sinceramente, me parece mais medo de quem comanda as equipes do que qualquer coisa. Sim, medo de perder um compromisso que, na visão dos clubes, não é prioritário e não dar tempo de retomar a confiança para uma decisão. Não existe qualquer justificativa plausível para não se colocar em campo a força máxima ou, no mínimo, perto disso. Alguém pode dizer: mas isso não é de hoje, faz muito tempo que os clubes mantêm esta postura. Pois é, e faz muito tempo que eu venho criticando. E assim continuarei até que este cenário venha a se alterar. Para o bem do futebol, do espetáculo e do torcedor.





Fonte: 90min