Grêmio e Inter mostram que, quando querem, podem deixar rivalidade de lado

O frio chegou com força no Rio Grande do Sul. E uma ação conjunta de solidariedade entre ​Grêmio e ​Internacional mostrou que, quando se quer, a rivalidade pode ser deixada de lado em nome de um bem maior.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Se o Inter abriu as portas do ginásio Gigantinho para abrigar moradores de rua na noite mais fria do ano, o Grêmio se uniu à ação doando cobertores e um café da manhã. Sim, foi bonito de se ver os ônibus do Tricolor chegando à casa vermelha e o mutirão de torcedores das organizadas colocaras ajudando a retirar todos os itens.

Porto Alegre, com toda a sua história, talvez poucas vezes tenha visto um momento tão emocionante. Pelo gesto em si, mas também pelo seu significado para o futuro desta rivalidade. Claro que quando a bola rola é bem diferente, e a civilidade ainda está bem longe de ser uma garantia. Mas, se é possível conviver em paz para ajudar o próximo, também é possível fazer o mesmo em um jogo de futebol. E aqui não digo para acabar com a flauta e com as provocações, mas sim, se propiciar um ambiente agradável, sem medo para quem vai acompanhar seu time nos estádios.

Em um mundo ideal, não deveria existir algo mais prazeroso do que receber o rival na sua casa. Um abraço, uma foto em conjunto…isso não diminui ninguém. Pelo contrário. Só reforça a dignidade das pessoas. Que seja sempre assim.

Foto: Internacional / Divulgação





Fonte: 90min