Neto enlouquece com eliminação do Palmeiras e manda recado a “desafetos”

​A eliminação precoce do Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil foi um “prato cheio” para torcedores dos rivais de São Paulo. O mesmo vale para comentaristas simpatizantes dos outros grandes do estado, principalmente os fãs do ​Corinthians. Na TV Bandeirantes, por exemplo, o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli não perdoou Denílson no Jogo Aberto, assim como a colorada Renata Fan. Em seguida, no Donos da Bola, foi a vez do ex-meia Neto soltar o verbo.

Na companhia do fiel escudeiro Velloso, ex-goleiro do Palmeiras, o apresentador não poupou os jogadores – alguns desafetos como Felipe Melo, Lucas Lima e Dudu – e também o técnico Luiz Felipe Scolari pelo péssimo futebol em campo. Sobrou até para o auxiliar de Felipão, Paulo Turra, que apareceu em certo momento do jogo distribuindo um bilhete com orientações para o lateral-direito Marcos Rocha no melhor estilo Juan Carlos Osório em tempos de São Paulo. 

“Foi uma noite muito legal, memorável. (…) Uma vergonha! O Palmeiras, ontem, jogou nada, time retranqueiro! Aí vem o Paulo Turra escrever uma carta da Dona Lúcia, entregou para o Marcos Rocha. Aí ele lê e dá para o Felipão, que foi ler e ver o que estava escrito. Como pode, cara? Vocês não tem Mundial, não tem Copa São Paulo, perdeu a Copa do Brasil”, provocou Neto, lembrando mais uma vez da polêmica Copa Rio de 1951, vencida pelo Verdão. 

A corneta do ex-jogador do Corinthians (também defendeu o Palmeiras) estava à solta e ele prevê fracasso do clube, sem ganhar sequer o Campeonato Brasileiro, em que o time está isolado na liderança. “Ontem, mexeu mal, escalou mal. Lucas Lima? Felipe Melo não jogou nada. Deyverson não jogou nada. O Internacional era para ganhar o jogo já no primeiro tempo. (…) Não vai ganhar absolutamente nada este ano. Cadê os caras para bater os pênaltis? Felipe Melo, Lucas Lima, Dudu. Por que pipoca? Tudo jogadorzinho. Tudo pipoqueiro”, questionou.

Por fim, Felipão não escapou das críticas contundentes de Neto, que comentou sobre a entrevista coletiva do treinador palmeirense. Scolari minimizou a derrota e pediu calma, pois “ninguém morreu e não vai mudar nada no meu time”“Não vai ganhar absolutamente nada este ano. Vocês foram eliminados de novo. Tudo jogadorzinho. Vocês são tudo pé de rato. São jogadores que não tem personalidade nem na hora de dar uma entrevista quando perde. Aí vem o treinador falar que não morreu ninguém. O que vocês estão fazendo com o Palmeiras é uma barbaridade”, concluiu o apresentador. 

Desde que chegou ao Palmeiras, em meados de 2018, esta é a quarta eliminação de Felipão em competições mata-mata pelo clube. No primeiro semestre, o Verdão foi batido ainda nas semifinais para o São Paulo também nos pênaltis, assim como contra o Internacional. Agora sobraram apenas Libertadores e Brasileirão. E Neto, como é de praxe, adora cutucar Velloso lembrando também que o Alviverde não consegue ganhar sequer o Paulistão, vencido pelo Timão nos últimos três anos, sendo que, em 2018, o Alvinegro conquistou dentro do Allianz Parque – e também nas penalidades.





Fonte: 90min