Presidente do Vasco volta da Europa com novidades sobre patrocínio e saídas do elenco

0

Daqui a três dias, o ​Vasco da Gama retorna às atividades corriqueiras no Campeonato Brasileiro em partida contra o Grêmio, em Porto Alegre. O técnico Vanderlei Luxemburgo conseguiu, antes da Copa América, tirar o clube da zona de rebaixamento com vitórias sobre Internacional e Ceará e agora, para o segundo semestre, ganhou os reforços do volante Richard e do meia Marquinho. Ainda assim, o Cruz-Maltino busca um camisa 9 no mercado. 

Na contramão, Luxemburgo também indicou jogadores que não pretende utilizar em São Januário daqui para frente. ​São os casos dos atacantes Lucas Ribamar e Vinícius Araújo, além dos meias Moresche e Dudu. De acordo com informações do ​canal “Atenção Vascaínos!”, o presidente Alexandre Campello está em vias adiantadas para liberar o quarteto

Vanderlei Luxemburgo

Primeiro reforço oficial do Vasco em 2019, Ribamar (foto de capa) está próximo de ser emprestado ao AvaÍ até o final da temporada – ele tem contrato em São Januário até dezembro do ano que vem. Já Vinícius Araújo, que pode, neste momento, assinar um pré-contrato com qualquer clube, estaria negociando seu retorno ao futebol europeu. Antes de desembarcar na Colina, o atacante atuava no campeonato espanhol pelo Zaragoza. 

Matheus Moresche e Dudu, outros fora dos planos de Luxa, teriam como destino o futebol de Portugal. No caso de Dudu, clubes como América-MG e Cuiabá sondaram a situação do meia para jogar a Série B do Brasileirão por empréstimo, mas não houve interesse do vascaíno. A tendência é que ele seja emprestado a um clube luso por uma temporada. 

Patrocínio. O presidente do Vasco deve desembarcar no Brasil na noite desta quarta-feira (10) após viagem à Europa em busca de patrocínio. O diretor-executivo de futebol André Mazzuco confirmou que “Campello está correndo atrás de receita e que uma novidade pode ser anunciada ainda essa semana”. Haverá uma reunião importante na próxima quinta-feira (11) entre dirigentes e Campello e a tendência é que os R$ 20 milhões da captação do empréstimo aprovado pelo Conselho na semana passada sejam liberados. 





Fonte: 90min