Reclamação por e-mail “pega mal” e presidente do Santos manda recado a Jorge Sampaoli

Desde que viu o titular Jean Lucas se transferir para o Lyon, da França – é bem verdade que o atleta pertencia ao Flamengo -, Jorge Sampaoli segue de mau humor no ​Santos. O técnico argentino vê a diretoria patinar para trazer reforços pontuais – como um lateral-direito e um meio de campo – e também atrasar o pagamento de direitos de imagem e a premiação por algumas partidas do Campeonato Brasileiro. 

De acordo com reportagem da ​Gazeta Esportiva, o Peixe está devendo três meses de direitos de imagem e também não desembolsou o “bicho” pela participação no Brasileirão. isso fez com que Sampaoli enviasse um e-mail com reclamações a diretores do clube. Houve também conversas pessoalmente com parte da cúpula santista e um texto para o presidente José Carlos Peres, que confirmou a informação. 

Jorge Sampaoli

O mandatário do Santos pediu paciência ao treinador e o orientou a deixar as críticas e reclamações dentro da Vila Belmiro, mostrando claramente sua irritação ao ter que responder publicamente sobre o tema. Jorge Sampaoli é muito competitivo e da mesma forma é exigente! As cobranças deveriam serem internas e não expostas. A maioria das cobranças estamos procurando atendê-lo”, indicou Peres em contato posterior com a ​Gazeta

“Na questão dos direitos de imagem, estaremos acertando nesta semana ou, no máximo, segunda-feira (15). Sobre as exigências de jogadores, estamos com cuidado para não ocorrer novamente o caso Jean Lucas, aceitando opções de compra acima de nossas possibilidades (em empréstimo). Um pouco de paciência, estamos às vésperas do prosseguimento do Brasileirão, única competição que estaremos disputando. Não podemos inviabilizar o clube, fomos os que mais contratamos este ano, mas compreendemos que as exigências são normais no futebol e Sampaoli quer ser campeão… E nós também”, completou o cartola.

O técnico argentino já recebeu sondagens de outros clubes e até da Seleção do Equador após a Copa América. Apesar de não descartar pedir demissão, a tendência é que Sampaoli cumpra o contrato até dezembro de 2020. Ele estará em campo, no próximo final de semana, em partida contra o Bahia, fora de casa, pelo Brasileirão. O Peixe é o atual vice-colocado com 20 pontos, cinco atrás do Palmeiras. 





Fonte: 90min