Reforços internos podem encorpar elenco vascaíno após janela sem muitas novidades

​O volante Richard, que estava no Corinthians, e o meia Marquinho, um dos destaques do Athletico-PR no primeiro semestre (conquistou o título estadual com a chamada equipe alternativa), são as únicas caras novas do elenco do ​Vasco da Gama para a retomada do Campeonato Brasileiro. No entanto, o clube aposta em três reforços internos para também ganhar força nesta nova arrancada: os zagueiros Leandro Castan e Breno e o lateral-esquerdo Ramon.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Castan e Breno demonstram estar totalmente recuperados de suas respectivas lesões, tanto que participaram de um treinamento coletivo nesta quarta-feira, em Foz do Iguaçu. O primeiro estava com um problema muscular que o afastou dos gramados desde o dia 24 de abril. Já o segundo não joga há onze meses por conta de um problema quase que crônico no joelho. “Foi muito bom ver o Breno treinar depois de quase um ano. É um cara que trabalha muito. Espero que consiga dar sequência, não sinta mais nada e possa jogar”, disse o também zagueiro Ricardo ao site oficial do clube. Já Ramon ainda está um pouco mais distante do retorno depois de romper o ligamento cruzado do joelho esquerdo em novembro do ano passado. No momento, ele está na transição para começar a realizar os trabalhos de campo, mas com o passar dos jogos deve voltar a ser alternativa.

Principalmente no que se refere à dupla de zaga, logo ali na frente deve se estabelecer uma natural disputa pela titularidade. Embora Oswaldo Henríquez e Ricardo venham dando conta do recado, Castan é um dos principais líderes do elenco, e Breno, em forma, é considerado um atleta acima da média em termos de qualidade técnica. Com isso, é possível que Werley, hoje já na reserva, perca ainda mais espaço junto ao técnico Vanderlei Luxemburgo.

Para mais informações do Vasco, clique ​aqui.





Fonte: 90min