Renan Calheiros pede liberdade de imprensa sobre caso Glenn Greenwald

Em vídeo postado em suas redes sociais, o senador por Alagoas, Renan Calheiros falou na noite desta quarta-feira, 03 de julho, sobre as supostas investigações que o jornalista do , , poderia estar sofrendo pela Polícia Federal e após divulgar supostas conversas do Telegram onde envolvia membros da Operação Lava Jato, incluindo Sérgio Moro.

Calheiros disse estar preocupando em usar órgãos públicos para quererem intimidar a imprensa:

“É preocupante a possibilidade de dois órgãos públicos (COAF e Polícia Federal) possam estar sendo manipulados para intimidar jornalistas e ameaçar a liberdade. Se for verdade, Moro acrescenta problemas muito graves à pilha de ilegalidade já exposta, é o caso do típico desprezo repugnante à democracia. As leis podem caracterizar obstrução da investigação do escândalo que envolve o próprio ministro, a Polícia Federal e o COAF não podem permitir isso” disse Renan Calheiros em vídeo.

Assista:

Da Redação