Vereador de Igreja Nova é detido por posse ilegal de arma de fogo

Messias foi denunciado pelo filho após um desentendimento

O vereador Manoel Messias dos Santos (PP), do município de Igreja Nova, foi preso na noite de ontem (20) no Povoado Perucaba, por possui, sem registro, uma arma de fogo em sua residência.

O político foi denunciado pelo próprio filho, que ligou para o Grupamento de Polícia Militar (GPM) local, dizendo que pai espancava sua genitora, de identidade não revelada.

A PM foi até o local e descobriu, após ouvir as partes, que ocorria, na verdade, um desentendimento entre pai e filho, no entanto, logo que a situação foi contornada, o filho denunciou que Messias possuía uma arma de fogo.

O vereador confirmou a existência da arma na casa e entregou a polícia uma espingarda calibre 32. Ele foi conduzido à Delegacia Regional de Penedo, onde foi autuado. Messias já possui uma condenação por utilizar dinheiro público para comprar gado.

O parlamentar foi liberado mediante pagamento de fiança.

Através de um áudio de Whatsapp o vereador disse que não foi preso e pediu desculpas aos populares e alegou que seu filho, ao qual ele afirma que estava bêbado no momento do acontecido, causou toda essa confusão. Ele disse que está disponível para esclarecer esse impasse.
Fonte: AlagoasWeb
Comentários