Conmebol divulga tempo de suspensão, e Athletico-PR perde dupla por longo período

​O Athletico-PR está concentrado para mais uma rodada do Campeonato Brasileiro da Série A já com uma decisão na temporada no radar. Na noite deste sábado (31), às 19h (horário de Brasília), o Furacão encara o Ceará, na Arena da Baixada, pela 17ª rodada do torneio nacional. O grande objetivo visado, no entanto, é a próxima quarta-feira (4), data do duelo com o Grêmio, pela volta da semifinal da Copa do Brasil.

Enquanto quebra a cabeça para definir o time titular entrando em uma das semanas mais decisivas do ano, o técnico Tiago Nunes recebeu uma má notícia vinda dos tribunais. Nesta sexta-feira (30), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou o resultado do julgamento de dois jogadores, Thiago Heleno e Camacho, que aconteceu no último dia 12 de agosto. 

FBL-SUDAMERICANA-PARANAENSE-TRAINING

A dupla, que já está afastada dos gramados há cerca de 120 dias, ainda será desfalque por mais um longo período. A entidade sul-americana determinou uma punição de seis meses para os atletas por conta de doping. A boa notícia é que os quatro meses já cumpridos contam para o período. Ou seja, estarão liberados para entrar durante o próximo mês de outubro

Com o posicionamento do tribunal definido, Thiago Heleno e Camacho não poderão utilizar as instalações do centro de treinamento do Furacão até o encerramento da suspensãoO zagueiro foi flagrado depois da vitória sobre o Tolima, no dia 9 de abril. Após este caso, o Athletico-PR avisou à Conmebol que o volante havia ingerido a mesma substância, chamada de higenamina, utilizada em suplementos, mas proibida pelo órgão. O teste foi realizado em 24 de abril.





Fonte: 90min

Comentários