Fim da linha! Sampaoli libera e dois jogadores estão de saída do Santos

Quem dá bola no Campeonato Brasileiro é o ​Santos. Líder isolado do torneio e com quatro pontos de diferença para o Palmeiras, a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli vive seu melhor momento da temporada. Após a goleada impiedosa de 6 a 1 sobre o Goiás na Vila Belmiro, o Alvinegro Praiano terá mais uma semana livre para recuperar jogadores e entrosar ainda mais o time.

Christian Cueva

Apesar de algumas farpas trocadas, a diretoria santista e Jorge Sampaoli têm conseguido conviver bem colocando o clube sempre em primeiro lugar, sem vaidade. O comandante argentino ainda deseja a chegada de um volante com as mesmas características de Jean Lucas (vendido ao Lyon pelo Flamengo) e o presidente do Peixe, José Carlos Peres, procura no mercado interno o reforço desse perfil.

Por outro lado, o argentino já liberou mais dois jogadores que foram contratados com grande expectativa meses atrás. Segundo informações do portal​ UOL Esporte, o meio-campista Cueva e o volante Jobson não estão nos planos de Sampaoli e foram colocados na lista de negociáveis do clube paulista. Ainda de acordo com a reportagem, os representantes de ambos os atletas já procuram clubes interessados que estejam dispostos a investir nos jogadores.

Cueva chegou com “pompa” e recebe um dos maiores salários do elenco, cerca de R$ 550 mil. No entanto, o peruano não conseguiu se encaixar nos pedidos do comandante e virou uma “carta fora do baralho”. Jobson também foi outro atleta que poderia render bem mais até o momento: veio ao Peixe após grande campeonato com o Red Bull Brasil, mas no clube da Vila Belmiro o atleta nunca conseguiu se destacar por não ter a intensidade que Sampaoli gostaria. Para tirá-lo do Red Bull, o Santos pagou R$ 4 milhões. Já Cueva veio por empréstimo, mas o Alvinegro terá a obrigação de comprá-lo em 2020 por R$ 26 milhões. A diretoria santista tenta repassar os dois atletas para não ter prejuízo no negócio.





Fonte: 90min