Ídolo do São Paulo, Zetti revela informação sobre continuidade de Tiago Volpi em 2020

​O ​São Paulo definitivamente entrou na briga pelo título do Campeonato Brasileiro após a vitória, fora de casa, diante do Athletico-PR por 1 a 0. O gol de Vitor Bueno fez com que o Tricolor chegasse aos 30 pontos, empatado com Flamengo e Palmeiras, a somente dois do líder Santos, rival que a equipe de Cuca derrotou por 1 a 0 há pouco mais de uma semana. Além das entradas de Daniel Alves e Juanfran, o time também tem mais jogadores em ótima fase. 

Caso do goleiro Tiago Volpi. Para muitos, o arqueiro é disparado quem mais trouxe segurança à meta são-paulina após a aposentadoria de Rogério Ceni, em 2015. Aos 28 anos, ele está emprestado ao clube até dezembro – seus direitos econômicos estão ligados ao Querétaro, do México, que definiu 5 milhões de dólares (mais de R$ 19 milhões na cotação atual) como valor de compra. 

A diretoria ainda não definiu se irá exercer a opção na cláusula, mas grande parte da torcida do São Paulo já manifesta seu desejo de que Volpi fique mais tempo no clube. Ídolo tricolor na década de 1990, o ex-goleiro Zetti afirmou, em entrevista à ​rádio Jovem Pan, que já desconfia de um desfecho para a história. Recentemente ambos conversaram nos bastidores e, pelo tom da conversa, dificilmente o clube irá comprá-lo dos mexicanos

Tiago Volpi

“O São Paulo tem de pensar nesse goleiro lá na frente, porque o contrato do Tiago Volpi vai até dezembro, e vai ficar uma situação em que não tem essa definição dele. Acho muito difícil ele ficar no São Paulo, deve voltar para o México, até pelo que eu conversei com ele, contou Zetti, antes de cobrar o diretor de futebol Raí sobre uma definição para o tema. “A torcida quer saber quem será o próximo goleiro, o substituto, se não comprar o Tiago… Essa segurança tem de começar agora. Não pode esperar o fim do campeonato”, acrescentou.

Na atual temporada, Volpi tem dado pouquíssimas chances ao reserva Jean e se coloca como titular absoluto da meta são-paulina. Na semifinal do Campeonato Paulista, brilhou na decisão por pênaltis contra o Palmeiras em pleno Allianz Parque, defendendo duas cobranças. Victor Manuel Vucetich, técnico do Querétaro, parece estar observando de longe o arqueiro e já conta com seu retorno em 2020. 

“Volpi foi ao Brasil com um propósito muito claro e nós demos o respaldo. Por isso a possibilidade de voltar para nós ao término do seu contrato está se cumprindo. Ele voltará a jogar conosco. Já estamos falando de dar o respaldo e o apoio necessário para o retorno de Volpi. Por isso temos elementos confiáveis para qualquer circunstância que se apresentar nos próximos dias. Jogará conosco”, garantiu o dirigente.



Fonte: 90min