PC de Taquarana prende pai que estuprava filha desde os 9 anos

Delegado João Pessoa Vaz da Costa Filho

Policiais civis da delegacia de Taquarana, coordenada pelo delegado João Pessoa Vaz da Costa Filho, deram cumprimento na manhã da última quinta-feita, 29 de agosto, ao mandado de prisão em desfavor de J.A.S.S, 42 anos de idade que foi localizado no sítio Brejo, zona rural do município de Coité do Nóia e foi preso e conduzido para a sede da delegacia onde foi submetido a qualificação e interrogatório.

“No mês de fevereiro deste ano, recebemos denúncia da mãe de uma menor que estava acompanhada pelo Conselho Tutelar e denunciaram J.A.S.S (pai) da menor M.V. B. S, hoje com 14 anos, pelo crime de estupro de vulnerável”, disse o delegado.

O delegado informou que rapidamente foi dado início às investigações, sendo encaminhada a menor para o I M L de Arapiraca, cujo resultado deu positivo para a violência sexual praticada pelo criminoso que até então vinha abusando de forma sequencial a vítima.

Segundo declarações da menor M. V. B. S, ela vinha sendo abusada desde os nove anos e nunca falou nada por ser ameaçada de morte pelo próprio pai. Com base na investigação, a referida autoridade policial representou pela prisão preventiva, o qual ao perceber a movimentação policial no sítio onde reside, tentou empreender  fuga, onde foi contido com a ação rápida da polícia civil.

Em virtude do critério do segredo de justiça, determinado na decisão judicial que atendeu a representação policial e decretou a prisão do suspeito, seu nome e outros dados não podem ser divulgados. O trabalho continua com a coleta de outras provas e oitiva de outras testemunhas e o inquérito policial segue em segredo de justiça.