​Com contrato até dezembro de 2020, o meia Bruno César foi o nome mais badalado a desembarcar em São Januário nesta temporada. Já o atacante Valdívia, emprestado pelo Inter até o final do ano, é outro jogador com certa grife no elenco do ​Vasco da Gama. Eles têm em comum o fato de estarem mostrando pouco futebol. E isso abre espaço para o técnico Vanderlei Luxemburgo apostar em talentos oriundos das categorias de base, algo que acontece com cada vez mais frequência.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

O atacante Talles Magno, que virou titular absoluto da equipe, é o mais novo xodó do treinador. Mas não é apenas ele que ganhou espaço. Nas últimas semanas, Luxa promoveu o atacante Kaio Magno (irmão de Talles), os meias Gabriel Pec e Bruno Gomes e os laterais Nathan e Alexandre. Vez por outra, os zagueiro Miranda e Ulisses, o volante Caio Lopes e o atacante Vinícius também aparecem no grupo de cima.

Ou seja, diante da dificuldade dos reforços e coma impossibilidade de se investir em outros atletas, isso virou uma tendência. “Em nosso atual momento, todo mundo é fundamental. O Talles entrou, segurou o rojão e tem sido um dos melhores em campo. A alegria de jogar dele ajuda bastante. Só não temos de enchê-lo de responsabilidade, pois tem só 17 anos”, destacou o zagueiro e capitão Leandro Castan. O Vasco, atual 15º colocado no Brasileirão, volta a campo no próximo sábado, fora de casa, diante da​ Chapecoense. A partida marcará o fim da sua participação no primeiro turno da competição.

Para mais notícias do Vasco, clique ​aqui.

Let’s block ads! (Why?)





Fonte: 90min