Goleiro do CSA reclama de falta de comida na concentração do clube

Destaque do CSA no Campeonato Brasileiro, o goleiro Jordi utilizou suas redes sociais para protestar contra o clube. Ele reclamou que está se recuperando de lesão e não tem almoço e nem talheres no CT.

“Estamos aqui, pedi aquela quentinha, mas nem talher temos para comer. Temos que comprar a quentinha para almoçar, porque não tem almoço e ainda não temos talher. É assim que é a recuperação do atleta. Difícil. A gente busca fazer o melhor, mas um clube sério como esse deixa a desejar. Pelo menos uma refeição digna pra que a gente possa trabalhar, se alimentar e descansar um pouco para poder recuperar e voltar o quanto antes”, afirmou o arqueiro, no vídeo.


O presidente do CSA, Rafael Tenório, também por meio de vídeo, rebateu à declaração de Jordi: “Nada disso é verdade. O CSA tem uma estrutura hoje composta por grandes profissionais, setor médico, nutricional, profissionais competentes. Nada disso é verdade. Nós tomamos conhecimento desse fato e as medidas serão tomadas. O CSA é maior que qualquer comentário e qualquer posição individual. Nada disso procede. Nós vamos continuar firmes, fortes e trabalhando no CSA com responsabilidade”.

Com uma lesão na coxa desde o dia 12 de outubro, Jordi desfalcou o clube alagoano contra Atlético-MG, e Botago. O arqueiro também não terá condições de enfrentar o Flamengo, no domingo (27).