REFLETORES NO PENEDENSE: “Nem um nem outro” diz presidente

O Presidente do Sport Club foi o entrevistado na tarde desta quarta-feira (16) no programa A Voz da Cidade, apresentado por Antônio Silva na Grande Rio FM – 92.1Mhz.

Em conversa bastante interativa, Daniel Pereira Mendonça fez um balanço do Campeonato Alagoano da Segunda Divisão 2019 onde o time ribeirinho de Penedo não conseguiu a classificação para a final, terminando na última posição do campeonato.

“Foi bastante produtivo!” Foi com essas palavras que o presidente classificou a participação do Penedense. Daniel ressaltou que a diretoria trabalhou com os pés no chão, pois os recursos financeiros eram bastante escassos para montar o time que brigasse pelo acesso à primeira divisão, mas deu para tomar experiência, repetir acertos e corrigir erros para as próximas competições.

“Nossa folha no campeonato foi de aproximadamente 8 mil reais somente o elenco” deixou claro o presidente sobre a estrutura do time.

Daniel também fez questão de frisar que o clube ribeirinho não deixou qualquer dívida financeira, algo que em outras gestões era comum acontecer, ao ponto de alguns atletas gravarem vídeo alegando estarem passando fome na concentração. Ele ressaltou ainda que outros recursos ainda faltam chegar para sanar realmente todas as despesas feitas nesta temporada.

SOBRE OS REFLETORES

A grande polêmica dos refletores no estádio Dr. Alfredo Leahy também foi tocado por parte do apresentador Antônio Silva. Daniel se mostrou ainda incrédulo que até o momento nada foi feito em relação a isso.

Para relembrar,  em uma live do Governador Renan Filho, em 9 de agosto de 2019, o mesmo afirmou que em poucos dias os tais refletores seriam instalados no campo, assim como mostra o vídeo:

O presidente do Penedense ressaltou que isso fez com que o digital influencer, Carlinhos Maia, que tinha prometido conseguir a iluminação do estádio, voltasse atrás, mesmo com o projeto já finalizado, para que o Estado pudesse fazer a parte dele.

“Nem um nem outro! Após a live do governador afirmando que em poucos dias seria instalado os refletores, o nosso vice-presidente contactou o Carlinhos Maia e o mesmo retrocedeu nessa ajuda, mas iria de alguma forma ajudar o clube em outra ocasião. Com isso nem os refletores foram instalados pelo artista, nem tão pouco pelo o Governo de Alagoas” declarou Daniel.

GRAMADO AGORA É A PRIORIDADE

Alvo de muitas críticas de torcedores e principalmente dos jogadores, o presidente do Penedense disse na entrevista que a prioridade é realizar a substituição da grama. Levantamentos serão feitos, mas para isso Daniel ressaltou que deve resolver a questão da água, já que o poço artesiano instalado do lado do campo não supre a necessidade de irrigação.

Daniel finalizou a entrevista mostrando que mesmo com o resultado negativo a diretoria não irá desanimar. O mandato é até dezembro de 2020 e ele espera um crescimento gradativo do clube mais antigo de Alagoas para que possa retornar em breve à primeira divisão do Alagoano.

Da Redação do Boa Informação