Goleiro Jean, do São Paulo, é preso nos EUA

Jogador é acusado de agredir a esposa

O goleiro Jean, do São Paulo, foi preso nos Estados Unidos. Segundo o site Globoesporte.com, o atleta foi detido acusado de agredir a esposa. Sua ficha já consta no sistema do Departamento de Correções do Condado de Orange, na Florida.

Consta na ficha de Jean que ele foi detido no começo da manhã e pré-sentenciado por violência doméstica. O São Paulo estuda seriamente rescindir o contrato do jogador.

Jean goleiro do São Paulo preso na Flórida — Foto: Reprodução

As acusações de violência vieram a público na madrugada desta quarta-feira, quando a esposa do jogador postou uma série de vídeos, com o rosto machucado, acusando Jean de agressão.

– Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro. – diz ela em um dos vídeos.

O empresário de Jean, Paulo Pitombeira, está em contato com a diretoria do São Paulo para decidir os próximos passos. A ideia inicial do clube é rescindir o contrato. O Tricolor, antes de a prisão ser noticiada pelo GloboEsporte.com, soltou a seguinte nota oficial:

“O São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis.

Em seus quase 90 anos de existência, o São Paulo construiu uma história pautada por princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo, e não abre mão deles.”

O GloboEsporte.com entrou em contato com o Itamaraty, o ministério das relações exteriores brasileiro, que ainda não respondeu.

Fonte: Globoesporte.com