Polícia Militar e Marinha terão reforço durante Bom Jesus dos Navegantes em Penedo

A Polícia Militar de Alagoas e a do Brasil reforçarão suas equipes durante os festejos alusivos ao Bom Jesus dos Navegantes, em Penedo. A celebração do padroeiro dos ribeirinhos na cidade histórica, berço da tradição levada pela fé para toda a região do Baixo São Francisco, acontece anualmente no segundo domingo do mês de janeiro e teve a programação religiosa e festiva divulgada nessa terça-feira, 10.

A edição 2020 do está suas atrações musicais definidas, conforme anunciou o Prefeito Március Beltrão, com o cantor baiano Bell Marques (ex-Chiclete Com Banana) logo na noite de abertura dos shows (quinta-feira, 09). A parte religiosa tem início na terça-feira, 07, com peregrinação da imagem do Bom Jesus e procissão luminosa nas ruas da comunidade Santa Cruz, local da capela onde ocorrem as celebrações diárias.

Segurança durante o Bom Jesus de Penedo é reforçada (Arquivo Secom PMP)

Com objetivo de assegurar segurança e tranquilidade para romeiros e público em geral, a Polícia Militar manterá o policiamento ostensivo nas ruas de Penedo e ampliará o efetivo com mais 120 policiais para trabalhar, dentro e no entorno, da área dos shows musicais que atraem milhares de pessoas.

“O Bom Jesus de Penedo já é conhecido nacionalmente e tem o zelo do governo do Estado, da Secretaria de Segurança Pública e do nosso comando geral para que tudo transcorra normalmente. Teremos também incremento de policiamento de outras unidades”, informou o Capitão PM Leal (Antônio Pereira Leal Neto), sub-comandante do 11º BPM, sobre a presença de pessoal da Polícia Florestal, Rodoviária, Cavalaria e da Lei Seca.

Segurança privada e Big Brother

A tranquilidade do público também é amparada na presença de 250 seguranças de empresa privada e no monitoramento de toda a arena de shows, e seu entorno, por câmeras de vídeo. O sistema de monitoramento, com central de acompanhamento que se assemelha ao conhecido Big Brother, foi destacado pelo prefeito Március Beltrão.

Central de monitoramento é o ‘Big Brother’ do Bom Jesus de Penedo (arquivo secom pmp)

“Quem estiver pensando que vai aprontar, é melhor ficar em casa  ou então venha pra cá se divertir, rezar, conhecer a cidade, experimentar a nossa gastronomia, e voltar pra casa são se salvo. Essa é a intenção da e de todos que estão trabalhando na organização do Bom Jesus de Penedo”, disse o gestor penedense.

“A estrutura disponível para a Polícia Militar é excelente e nós temos como desempenhar um bom trabalho e mostrar que podemos ter um evento do porte do Bom Jesus de Penedo, com zelo e segurança. Esta é a nossa missão primordial”, destacou o Capitão Leal durante o anúncio realizado no auditório da Casa de Aposentadoria.

Procissão fluvial

O Capitão-Tenente da Marinha, Fernando Araújo, oficial responsável pela agência cuja área de atuação se estende das imediações da foz do Rio São Francisco à região dos cânions de Xingó, em Piranhas, destacou – de forma descontraída – a importância do evento e os cuidados que cercam o ponto alto da celebração: a procissão fluvial.

Marinha trabalha para assegurar tranquilidade durante a procissão do Bo Jesus dos Navegantes (Divulgação Marinha)

“A festa é do Bom Jesus dos Navegantes e não podemos dar trabalho a Ele no seu dia”, disse sobre comentário que havia feito ao Padre Edinaldo Santos, pároco que conheceu os festejos em sua juventude e coordena, pelo segundo ano, os trabalhos da profissão de fé que completa, em 2020, 136 edições desde que passou à responsabilidade da paróquia de Santa Cruz, herdeira da comemoração iniciada no convento franciscano.

Força Máxima 

“Estaremos com nossa força máxima aqui e equipe de Maceió, trabalhando em conjunto com a Polícia Militar e também com os militares do 6º GBM (Grupamento de Bombeiro Militar), atuando para fiscalizar as embarcações, coibir o excesso de lotação e observar o cumprimento das normas relacionadas a eventos náuticos”, informou o agente fluvial, ressaltando a atuação prévia, em conjunto com as demais entidades envolvidas, sobre providências necessárias para melhorar a segurança da procissão fluvial.

Um desses aspectos é a questão do horário de saída da capela de Santa Cruz, cedo para que a transição do andor até a balsa, no porto de Penedo, ocorra em tempo hábil para a navegação ser realizada e concluída antes do anoitecer. “Eu sou britânico”, comparou o Padre Edinaldo, destacando o seguir a regra da pontualidade e informando que a procissão terrestre terá início às 14h30 do domingo, 12.

Bom Jesus do Navegantes, padroeiro dos ribeirinhos penedenses e de todos os abençoados pela águas do Rio São Francisco (Arquivo Secom PMP)

Dessa forma, a exemplo do que ocorreu no ano passado, o Bom Jesus de Penedo terá toda sua programação desenvolvida com êxito e em clima de paz, seja nas ruas da cidade, na arena dos shows ou nas águas do Rio São Francisco. A programação prevê ainda que, após a recondução da imagem até a Capela de Santa Cruz e da missa campal, a cantora católica Adriana Arydes encerrará os festejos do maior evento religioso realizado no interior alagoano.

Por Fernando Vinícius – jornalista Decom PMP