Bahia se aproxima da contratação de Éderson, do Cruzeiro, e mira meio-campista do Amiens, da França

​O​ Cruzeiro ainda não conseguiu resolver a situação do volante Éderson perante a Justiça do Trabalho. Uma reunião até chegou a ser marcada para esta terça-feira (14) na Toca da Raposa, porém questões de agenda por parte dos representantes do jogador impediram que a conversa fosse realizada, de acordo com o site ​GloboEsporte.com. Apesar da condição incerta, o ​Bahia segue interessado pelo atleta, de 20 anos.

Ainda conforme o portal de notícias, a juíza Ana Luiza Fischer Teixeira de Souza negou o pedido do jogador com relação à rescisão contratual e unilateral com o time mineiro. O atleta até teria apresentado uma carta de intenção de contratação do Bahia. O Esquadrão de Aço mostrou interesse em contratar o jogador por quatro anos e de maneira definitiva. A próxima audiência de conciliação será no dia 10 de fevereiro.

Ederson,Walter

O documento enviado pelo time baiano está anexado no processo protocolado na Vara do Trabalho de Belo Horizonte e tem data do dia 6 de janeiro de 2020. Além disso, o site teve acesso ao processo e constatou que o valor da ação é de R$ 2.666.853,57. O volante, que tem contrato até 2023, não se apresentou para os treinamentos da semana passada. O staff de Éderson já confirmou o interesse do Esquadrão de Aço.

Mas, o volante não é o único foco do Bahia. Segundo ​Rafael Seixas, o Tricolor também está sondando o meio-campista Mendoza, do Amiens, da França. Tudo indica que as negociações estão avançadas e a expectativa é que o atleta, de 27 anos, seja oficializado em breve. No entanto, os moldes das tratativas correm em sigilo. Na última temporada, o colombiano entrou em campo 52 vezes pelo time francês e cravou 10 gols.





Fonte: 90min