Após barrar Lucas Lima, Luxa comenta busca por camisa 10; Matías Vinã pode ser desfalque

Com uma atuação melhor na primeira etapa, o​ Palmeiras venceu o Guarani na última quinta-feira (20), pelo Campeonato Paulista, por 1 a 0. Atração da noite, o atacante Dudu, que alcançou a marca de 300 partidas com a camisa do Verdão, marcou aos 26 minutos do primeiro tempo e poderia ter marcado o segundo, não tivesse desperdiçado um pênalti.

Raphael Veiga

Apesar da vitória, o Alviverde pode tem uma preocupação para os próximos jogos, já que Matías Viña se machucou e passará por exames médicos nesta sexta-feira (21). De acordo com o clube, o lateral-esquerdo machucou o pé numa disputa de bola na linha de fundo, tentando permanecer no gramado, mas acabou sendo substituído por Victor Luis. 

Dentre as mudanças na escalação diante do Bugre, uma que chamou a atenção foi a entrada de Raphael Veiga no lugar de Lucas Lima, que vinha sendo titular nos últimos jogos. Em entrevista coletiva, o técnico Vanderlei Luxemburgo analisou as opções do elenco para o meio-campo e falou sobre a falta de um camisa 10.

“Quem tem isso no Brasil? É uma situação no Brasil. Se pegar da Florida Cup até agora, o Lucas Lima mostrou muita qualidade como homem atrás dos atacantes. Hoje coloquei um meio com mais movimentação e intensidade. Veiga jogou bem hoje. Tem o Scarpa que não coloquei ainda, pensei nele hoje, mas hoje vi a bola escapulindo e resolvi trancar. Essa coisa do camisa 10, com a mudança do futebol brasileiro, o camisa 10 foi sumindo no Brasil. Ainda temos alguns que podem jogar. Mas olha o Scarpa, é canhoto, com habilidade, cresceu jogando pelo lado, não por dentro. A tendência é colocar os caras por fora. O Antony, o Pedrinho, são todos que seriam camisas 10, mas pelas funções, a preocupação exacerbada de esquema tático, estamos esquecendo do jogo”, comentou.



Fonte: 90min

Comentários