Após eliminação na Sul-Americana, Dudamel faz cobrança aos jogadores para a sequência da temporada

O Atlético-MG até fez um bom jogo contra o Unión de Santa Fe e venceu por 2 a 0. Mas, como tinha perdido a primeira partida por 3 a 0, foi eliminado. No final do jogo, Rafael Dudamel tentou o tudo ou nada e foi com um time todo para frente, com bolas alçadas na área, o que acabou não surtindo efeito. O time mineiro se despede da competição internacional de forma precoce.

FBL-SUDAMERICANA-UNION-MINEIRO

Como sempre acontece em eliminações de clubes grandes, o comandante venezuelano já sofre as primeiras críticas mais intensas dos ​torcedores. Durante a entrevista coletiva, o treinador fez uma cobrança aos jogadores e disse que espera uma resposta para a sequência da temporada. No entendimento do técnico, existe uma evolução e ela precisa seguir nos próximos jogos.

Depois dessa demonstração, não espero nada menos de meus jogadores, não espero nada menos da equipe. A cada dia, a cada jogo, vamos marcando uma evolução de cada jogador, da equipe. Era uma partida de alto risco, perigosa, de tudo ou nada. Eu compartilhei com os jogadores, que entenderam a ideia. Ganhamos o jogo, mas não nos classificamos”, explicou.

Dudamel também gostou bastante das atuações de três jogadores: Otero, Arana e Nathan. O comandante fez uma análise da partida e demonstrou otimismo para a sequência do trabalho.

Atribuo a mudança de um tempo para o outro à leitura de jogo que teve o rival. O desgaste físico também foi determinante. Se a equipe toda estivesse 100% fisicamente, poderíamos ter algo mais. Porém, lamentavelmente, tivemos jogadores que não estavam na plenitude da condição física. Nos faltou a gasolina extra para arrematar o jogo. Mata-mata é de pequeno detalhe. Vencer hoje nos deixa uma clara reflexão que a eliminação foi na Argentina”, concluiu.





Fonte: 90min

Comentários