Ainda tem futebol! Conheça a única liga da Europa a manter a bola rolando

Enquanto o mundo inteiro demonstra extrema preocupação com a pandemia do ​Covid-19, em especial a Europa, continente que tem registrado número elevado de infectados e mortos, um país na região não parece estar tão preocupado assim. Em meio à crise mundial de saúde, a Bielorrússia (Belarus) decidiu iniciar a Liga Vysshaya, a primeira divisão do futebol. Curiosamente, ignorando todas as recomendações das entidades responsáveis, os jogos acontecerão com portões abertos.

O país em questão tem quase 10 milhões de habitantes e poucos casos registrados do novo ​coronavírusA ABFF – órgão que dirige o esporte no país – concluiu que as as medidas tomadas por outras ligas europeias diante da crescente pandemia: primeiro jogando com portões fechados e, depois, cancelando ou adiando indefinidamente os campeonatos, tiveram pouco ou nenhum efeito para impedir que os torcedores se reunissem ou que o vírus se espalhasse. E que a situação na Bielorrússia não justificava o cancelamento da temporada.

Embora o presidente Alexander Lukashenko, que lidera o país sem oposição desde 1994, tenha aconselhado os cidadãos a observar protocolos de distanciamento social e não visitar lugares que possam estar lotados, ele também sugeriu que o vírus é uma “psicose”. Em entrevista recente divulgada pelo canal local Belsat TV, o presidente disse que o povo bielorrusso “já sobreviveu a epidemias piores” e culpou a “mídia internacional por estar cobrindo a pandemia de forma equivocada”.

Vladimir Bazanov, o presidente da federação de futebol do país, disse que “não há motivos para pânico” e citou que a ​UEFA permitiu que cada liga nacional tomasse suas próprias decisões acerca do vírus. “A situação no país não é tão grave que precisamos parar tudo. Não há situação crítica e o calendário foi aprovado há muito tempo.”

Os campeonatos nacionais de hóquei no gelo e handebol também estão em andamento. A decisão faz da Bielorrússia uma exceção na Europa. Todas as outras ligas do continente, e quase todas as outras ao redor do mundo, foram adiadas por período indeterminado. À medida que a escala e a gravidade da pandemia de coronavírus se tornaram claras, a maioria dos esportes na maioria dos países fez a mesma coisa: fechou as portas até que seja seguro – para jogadores e torcedores – retomar as atividades.

No entanto, além do campeonato bielorrusso, outros campeonatos ainda seguem em andamento. A bola ainda rola nas ligas nacionais de Singapura, Butão, Palestina, Bermuda, Nicarágua, Papua Nova Guiné e Angola.

Foto de capa: Divulgação/Torpedo Zhodino / Estadão





Fonte: 90min

Comentários