Conheça 10 mitos sobre o Home Office

As atuais tecnologias já não tornam mais as empresas os únicos locais onde um funcionário tem condições de realizar as suas atividades diárias. Ferramentas como Trello, Skype, redes sociais e até o bom e velho e-mail permitem que o trabalho seja feito em casa.

O Home Office ou Trabalho remoto está cada vez mais está em evidência. É fato que muitas startups e também grandes empresas já aderiram a essa modalidade. 

No entanto, caso a área de atuação de uma empresa seja a publicidade, o design, o jornalismo ou alguma outra área em que as ferramentas online propiciem o compartilhamento de arquivos, então em breve ela vai migrar para o lado “Home Office da força” (se já não migrou).

Conhecendo alguns mitos sobre o Home Office

Uma das melhores maneiras para compreender como realmente funciona o Home Office é também saber o que ele NÃO é. Alguns empreendedores olham com desconfiança para a possibilidade de manter a sua equipe à distância.

Será que a produtividade é prejudicada? Como realizar uma reunião? Se uma empresa é um time, até que ponto o isolamento é bom para o profissional?

Tais indagações logo aparecem quando o assunto é o Home Office. Por isso, para sanar essas e outras dúvidas, citamos aqui 10 mitos relacionados ao trabalho remoto. Venha conferir!

1 – No Home Office vou encontrar a fórmula mágica para ganhar dinheiro

Esse é um mito normalmente alimentado por profissionais que estão ingressando na carreira de freelancers. Muitos acreditam que o trabalho em casa, por conta própria, é quase como ganhar na loteria.

Ledo engano, o trabalho Home Office é uma modalidade como outra qualquer. Ainda que você seja um profissional completamente autônomo e elabore a sua rotina, você ainda terá horários para cumprir e tarefas para entregar.

Você até poderá ganhar rios de dinheiro, mas o lucro não irá fluir como mágica. Ele será o resultado apenas de muito trabalho e de muitos clientes que você conseguir captar ao longo da sua jornada.

2 – O Home Office representa falta de segurança para os dados da sua empresa

Não necessariamente, pois hoje em dia, graças a um bom plano de hospedagem de site, você pode assegurar métodos eficientes de segurança para o site da sua empresa, tais como Backups e o certificado SSL.

Além do mais, algumas técnicas básicas de proteção, como a criação de autenticação de dois fatores e redes privadas virtuais (VPN), asseguram que a informação permaneça inacessível para pessoal não autorizado.

3 – Redução da produtividade da equipe

Esse mito é alimentado pela ideia de que, em casa, o funcionário estará mais próximo de elementos que o irão tirar do foco. No entanto, a maioria dos profissionais que adere ao trabalho remoto está ciente disso e já planejam antecipadamente maneiras de sanar esse empecilho.

De fato, distrações existem em qualquer lugar. Ou vá dizer que nos ambientes convencionais corporativos a sala do cafezinho ou o colega da sala ao lado falando sobre futebol não poderão distrair você?

4 – Falta de contato entre a equipe

Apenas porque o compartilhamento de arquivos é feito via o Asana e as conversas pelo Slack não significa que haja falta de diálogo, ou que não exista aquela sensação de “somos um time”.

Pelo contrário, tais ferramentas estão para isso aí mesmo, eliminar as distâncias e facilitar a interação. Tudo isso sem sair de casa e trazendo mais economia para a empresa.

5 – Reuniões perdem a eficiência

Errado! As modernas ferramentas de tecnologia permitem a reunião de equipes inteiras, inclusive por meio de vídeos e outros recursos multimídia. Fora que evita que o funcionário muitas vezes chegue atrasado devido a um problema no trânsito ou o voo.

6 – Home Office significa solidão

Para alguns freelancers essa é uma das grandes vantagens, porém, para outros profissionais que preferem o contato com outras pessoas, existem várias alternativas de locais. Até mesmo a praça de alimentação de um shopping center pode ser o local para quem atua em Home Office.

Vale citar também os espaços conhecidos como coworking, que estão cada vez mais conhecidos atualmente e são ótimas alternativas para quem quer sair da “solidão laboral”. 

7 – Home Office é mais desgastante

Eis outro equívoco. Assim como qualquer modalidade de trabalho, quem atua em Home Office deve estar ciente dos seus limites e evitar o exagero. 

Por isso, é importante estabelecer horários de intervalo e planejar melhor a rotina sem passar 24h trabalhando ou sem pausas. 

8 – Prejudica a cultura da empresa

Não! O empenho, a sensação de grupo e os valores da organização permanecem em pé mesmo que os funcionários atuem em suas respectivas casas ou locais remotos.

9 – O funcionário trabalha menos

Apenas porque o colaborador pode planejar melhor os seus intervalos, não significa que ele vai optar por reduzir ao máximo o seu tempo de trabalho.

10 – O funcionário não necessita participar de treinamentos

Mito. Caso necessário, os integrantes da equipe estarão à disposição para algumas atividades presenciais que são importantes para a empresa.

Entre mitos e verdades, o Home Office traz muitas vantagens

Diante das possibilidades que as atuais ferramentas online apresentam, adotar o Home Office é modernizar a sua dinâmica de trabalho com muita economia de custos. 

Portanto, separe o que é verdade e mentira, coloque na balança os benefícios e as desvantagens e veja se o Home Office é o ideal para o seu negócio.

 

Comentários