Foram montados pontos de bloqueio tanto em rodovias estaduais de diversos municípios, quanto no transporte feito por balsas em

Em cumprimento ao Decreto Governamental que proíbe a entrada de veículos de transporte de passageiros vindos de outros estados em , a Polícia Militar tem feito fiscalizações e orientado condutores e passageiros sobre a proibição. Os bloqueios estão sendo feitos pela instituição em sete pontos do estado, onde há rodovias e também transporte de balsas, nas cidades de Tobias Barreto, Simão Dias, Canindé de São Francisco, Poço Redondo, Poço Verde, Indiaroba e Neópolis.

Segundo o coronel Fábio Rolemberg, Comandante do Policiamento Militar do Interior (CPMI), não foram registrados grandes incidentes durante o cumprimento do decreto publicado na última sexta-feira, 20.  “A operação vem se desencadeando desde às 0h do dia 23, e até o momento não tivemos registros significativos. Os policiais estão trabalhando mais visando a conscientização do que a repressão”, explicou.

Apenas casos pontuais foram registrados. “Não tivemos registro de ônibus de linha tentando entrar nas divisas do estado pelas rodovias estaduais. Alguns veículos como vans e microônibus foram orientados no tocante ao cumprimento deste decreto, entenderam e retornaram aos respectivos municípios, em seus devidos estados”, citou.

O coronel destacou que em algumas situações foi acionada a Vigilância Sanitária municipal, mas sem a necessidade de medidas mais drásticas. “Em alguns casos pontuais houve o acionamento da Vigilância Sanitária de municípios, que compareceram aos locais e puderam passar orientações e fazer registros no tocante a problemática da COVID-19”, pontuou.

Fábio Rolemberg avaliou que a operação tem apresentado resultados positivos. “Avalio de forma bastante positiva a Operação Divisa, em atenção ao Decreto Governamental. A operação tem sido satisfatória, sem registro de casos que demandarem intervenção maior por parte da Polícia Militar”, concluiu.

Fonte Ascom SSP 

Comentários