Por precaução, 8 países da Europa já fecharam suas fronteiras

O surto do Coronavírus (COVID-19) tem se mostrado bastante sério. No momento, 8 países estão com as fronteiras inteiramente fechadas para estrangeiros. Além desses países, outros 5 entraram em estado de emergência e mais 3 declararam quarentena obrigatória para todos que entrarem no país. 

Dentre os países que estão com as fronteiras fechadas estão a Noruega, Polônia e Dinamarca. Já a Itália e a Eslováquia declararam estado de quarentena. Tudo isso devido à nova declaração da OMS que afirmou que a Europa ultrapassou a Ásia como continente em que a pandemia global está mais concentrada. 

Na Polônia, por exemplo, o governo já suspendeu o funcionamento de uma série de serviços, além do total cuidado com as fronteiras. A medida atual é que todo cidadão que entre no país deverá entrar em quarentena por 14 dias, de modo que se possa afirmar com grande precisão, se o cidadão é portador do vírus. Quanto aos serviços fechados, shoppings centers, restaurantes e bares não tem permissão para funcionar. Qualquer evento que conte com a presença de mais de 50 pessoas também está proibido por agora. 

Na Espanha, o governo declarou estado de emergência que durará 15 dias, a depender do andamento da situação. Com essa declaração, o governo tem total liberdade para limitar a circulação das pessoas. O primeiro-ministro, Pedro Sánchez, foi à TV para dar o comunicado: “Poderemos mobilizar ao máximo os recursos contra o vírus, mas a vitória sobre ele depende de cada um de nós. Heroísmo é também lavar as mãos e ficar em casa, para parar o vírus, com responsabilidade e unidade”, disse Sánchez no pronunciamento.

Durante o estado de emergência, os cidadãos estão livres para fazer manifestações e a imprensa também é livre para cobrir os mais diversos eventos em todo o país. porém, o governo pode e deverá limitar cada vez mais a circulação de modo que o vírus tenha sua disseminação reduzida. 

Desde o último Sábado, 14, o governo regional de Madri determinou o fechamento de absolutamente todas as lojas, com exceção de farmácias e mercados. Com isso, foi possível diminuir a circulação de pessoas bem como aglomerado delas em diversos pontos da cidade.
Para quem ainda assim está de viagem marcada para algum país da Europa, é importante estar atento com a saúde. O ideal é sair do Brasil com um bom seguro viagem que consiga ao menos reduzir os danos de uma possível situação emergencial

Em viagens para a Europa o seguro viagem é obrigatório e você não poderá entrar no continente sem estar com ele em dia. Porém, o que não se sabe sobre o seguro viagem é que diversas empresas trazem uma cláusula em que afirma não ter cobertura para surtos como o do COVID-19. Grande parte das seguradoras cobre todas as despesas até o momento em que é feito o diagnóstico, poucas vão cobrir todo o tratamento. Sendo assim a pesquisa é necessária antes de escolher qual empresa será a responsável pelo seu seguro saúde. Somente dessa forma você poderá entender melhor quais são as opções disponíveis que melhor irão te atender. 

Comentários