Prefeitura de Igreja Nova informa que convocação para recadastramento será no extrato de benefício

O Governo Federal alterou o processo de revisão cadastral do Programa Bolsa Família (PBF). A partir de agora, as famílias que apresentarem divergências cadastrais no cruzamento de dados do Cadastro Único (CadÚnico) com outros registros administrativos do Governo Federal serão convocadas por meio do extrato de benefício, antes o Governo emitia uma lista anual.

Os beneficiários devem ficar atentos aos extratos mensais e caso sejam convocados devem comparecer a sede do Programa Bolsa Família, na Rua Djalma Raposo, e o responsável pela Unidade Familiar deve apresentar CPF (preferencialmente) ou título de eleitor e pelos menos um dos seguintes documentos dos demais membros da família: CPF (preferencialmente); certidão de nascimento, certidão de casamento; certidão administrativa de nascimento do índigena; RG; título de eleitor. O atendimento será de segunda a sexta, das 7h às 13h. As equipes do PBF também farão visitas domiciliares.

Quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também precisará atualizar o cadastro, anualmente, e a convocação é feita por meio de carta, entregue pelos correios. Para beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), o recadastramento acontece a cada dois anos, mas se houver mudança na família, é preciso procurar a sede do PBF e informar.

Assessoria

Comentários