Rateio do Fundeb: Apenas Marcelo Beltrão e mais 3 votaram a favor das emendas

Nesta quinta-feira (05), o plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas aprovou o rateio das sobras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Apenas os deputados Marcelo Beltrão, Davi Maia, Cabo Bebeto e a deputada Jó Pereira, votaram a favor das emendas que beneficiariam os servidores da educação. Todas as quatro emendas apresentadas foram rejeitadas.

A primeira emenda incluía os servidores do administrativo da educação, merendeiras e secretários, no rateio das sobras de 40% do Fundeb. Essa emenda proposta pelos deputados Davi Maia (DEM) e Cabo Bebeto ().

A segunda emenda foi apresentada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e iria garantir que os profissionais do magistério processo de aposentadoria somente perceberiam o rateio proporcionalidade dos meses trabalhados, considerando até o ato definitivo da concessão de sua aposentadoria.

Ainda foi rejeitada a emenda que vedava qualquer desconto previdenciário sobre o rateio. Além da emenda, de Jó Pereira e Marcelo Beltrão (MDB), que autorizava o governador a ratear automaticamente as sobras dos recursos do Fundeb, sem precisar enviar o projeto para a Assembleia Legislativa.

Comentários