Após reviravolta, Botafogo desiste de Yaya Touré e detona jogador: ‘Sem caráter’

A negociação entre Yaya Touré e Leven Siano, candidato à presidência no Vasco da Gama, caiu como uma verdadeira ‘bomba’ no Botafogo. Confiante de que fecharia a contratação do marfinense ainda em 2020, o clube de General Severiano recebeu a reviravolta de curso com grande frustração e revolta, abrindo mão em definitivo de qualquer esforço futuro pelo jogador, com o qual negociava desde as primeiras semanas do mês de fevereiro.

Como destaca o Globoesporte, o Glorioso anunciou que se retirou oficialmente da negociação pelo volante, não sem antes detonar a postura do mesmo durante todo o processo. Procurado pela reportagem do portal, Ricardo Rotenberg, vice-presidente comercial e de marketing do clube, não poupou críticas e questionou até mesmo o caráter do jogador de 37 anos.

Hull City v Manchester City – Premier League

“A proposta do Vasco mostra que o Yaya está sem vontade de jogar futebol, porque assinou algo para o ano que vem. É um cara sem palavra, que teve uma atitude sem caráter. Poderia ter dito ao Botafogo que não queria fechar com a gente, como o Botafogo faz quando um jogador nos é oferecido. Não temos hoje a menor vontade de vê-lo na nossa frente. Como disse Heleno de Freitas, o Botafogo não é time para covardes”, afirmou.

Intermediário nas tratativas entre Botafogo e Yaya Touré, o empresário Marcos Leite também se pronunciou sobre o caso com duras palavras direcionadas ao atleta: “Infelizmente, não podemos exigir que uma pessoa tenha caráter, dignidade e que honre com a sua palavra. Essas qualidades você não adquire com o tempo, você nasce com elas”, limitou-se a dizer.

Quer saber como se prevenir do novo coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.



Fonte: 90min

Comentários