Polícia é chamada para acabar com perturbação do sossego alheio em São Brás

O registro aconteceu na noite deste sábado, 27, durante a realização da festa de aniversário da esposa de um sargento da reserva no município de São Brás. Vizinhos incomodados com o som alto que estava sendo utilizado por uma banda, acionaram a Polícia Militar que compareceu ao local para as devidas providências cabíveis e legais diante do flagrante.

Populares informaram que entre o público presente no evento, estava o advogado da prefeitura de São Brás, o mesmo que há alguns dias havia juntamente com o procurador do município, registrado um Boletim de Ocorrência em desfavor do ex-prefeito Neto, sendo alegado que o ex-gestor de São Brás, estava promovendo aglomeração e descumprido decreto estadual, sendo ignorado inclusive a justificativa de Neto que alegou apenas ter passado em aniversário de uma amiga no Povoado Lagoa Comprida, adotando as devidas medidas de prevenção recomendadas pelas autoridades de saúde.

Pela velha máxima do pau que dá em Chico também dá em Francisco, a população questiona a produção de um B.O. por parte da procuradoria em desfavor do advogado da prefeitura e também da aniversariante promotora do evento que motivou a aglomeração. Mesmo sabendo da ligação política-partidária dos envolvidos com o prefeito Kliger Kirino, moradores deixaram claro que a motivação da denúncia foi pela perturbação do sossego alheio e não política.

Comentários