VÍDEO: Polícia Civil de Sergipe prende acusado de fraudes no DPVAT

Investigações foram iniciadas a partir de notícia-crime enviada pela Seguradora Líder aos órgãos competentes

A Delegacia de Defraudações de Aracaju (SE) prendeu mais um acusado de fraudes contra o Seguro . Dois estão foragidos. A prisão ocorreu em São Paulo (SP), nesta quarta-feira, 10. As investigações começaram a partir de notícia-crime enviada pela Seguradora Líder, que detectou as fraudes em pedidos de indenização. Outros quatro já haviam sido presos na operação Hydra, realizada em abril, em Aracaju.

Delegada detalha também a prisão de uma mulher suspeita de golpe no seguro DPVAT

 Os acusados falsificavam os documentos necessários para dar entrada nos pedidos de indenização do Seguro DPVAT. A Seguradora Líder reitera seu compromisso em combater condutas antiéticas que lesam o Seguro DPVAT e toda a sociedade brasileira.

Quando uma fraude é detectada, a Companhia encaminha uma notícia-crime ou uma representação disciplinar aos órgãos competentes. Nos quatro primeiros meses do ano, as ações proativas da Seguradora Líder já resultaram em 9 sentenças condenatórias, 11 condenados, 28 cancelamentos, suspensões ou cassações de registros em órgãos de classe e 08 prisões no Brasil.

Com o objetivo de atingir um patamar ainda mais alto de eficiência e segurança na detecção e prevenção de fraudes, a Seguradora Líder segue investindo em tecnologia. Em 2019, passou a utilizar o fornecedor SAS, pioneiro no mundo em business inteligence. O sistema conta com machine learning e inteligência artificial que trazem mais benefícios para aumentar a eficácia de prevenção através de modelos matemáticos avançados. Os casos considerados merecedores de apuração mais detalhada são enviados, ainda, para uma equipe que investiga in loco a existência de irregularidades, garantindo que as indenizações sejam pagas aos reais beneficiários do Seguro.

Fonte: Seguro DPVAT

Comentários