Luísa Sonza é acusada de racismo por advogada; cantora diz que situação é absurda · .


Luísa Sonza, 22 anos, está sendo acusada de racismo pela advogada Isabel Macedo de Jesus, 48, do Rio de Janeiro. O episódio ocorreu em 22 de setembro de 2018, no Festival Gastronômico do Zé Maria, em Fernando de Noronha (PE). A intérprete de Braba teria confundido a profissional com uma garçonete e dado um tapa em seu ombro para fazer um pedido. “Essa acusação é absurda”, declarou a cantora nesta quinta-feira (17). 

O . teve acesso ao boletim de ocorrência registrado por Isabel em 23 de setembro na Delegacia de Polícia da 36ª Circunscrição de Fernando de Noronha. No dia, inclusive, era aniversário da advogada, que estava de férias na região justamente para celebrar.

No documento, a turista detalha os fatos e cita até Giovanna Ewbank em seu relato. “Na véspera de seu aniversário [Isabel] foi sozinha ao Festival Gastronômico do Zé Maria. Após o jantar, dirigiu-se próximo ao palco onde estar o cantor [não identificado], ficou atrás dele. Luísa Sonza estava no palco cantando ao lado do cantor. Luísa lhe deu um tapa no ombro e lhe pediu: ‘Me arrume água aí'”, narra o B.O.

“Isabel, que se considera negra, no momento ficou paralisada, sem reação, considera que foi alvo de discriminação por conta de seu tom de pele”, continuou.

“Luísa ficou parada olhando para ela, Isabel. Luísa perguntou: ‘Você não trabalha aqui?’. Isabel questionou: ‘O que te faz pensar que trabalho aqui?’. Luísa respondeu que ‘não é isso que ela estava pensando’. Isabel repetiu novamente a pergunta, sendo mais incisiva”, observou.

No registro, a aniversariante diz ter questionado o comportamento da cantora. “Isabel pediu a Luisa que contasse o que ocorreu a Giovanna Ewbank, atriz que também estava no festival, e perguntasse qual seria a leitura dela sobre uma pessoa negra que passasse por essa situação. Disse isso, pois sabe que Giovanna adotou uma criança negra, que foi alvo de discriminação na internet”, contou.

Luísa Sonza em viagem a Fernando de Noronha em 21 de setembro de 2018 (Foto: Reprodução/Instagram)

“Luísa lhe pediu: ‘Desculpa’. E disse que ‘sabe o que ela estava sentindo’. Isabel disse que ‘Luísa nunca ia saber o que ela estava sentindo, pois ela não é negra. É branca, loira, de olhos claros e nunca vai ser confundida com empregada”, relatou.

No boletim, Isabel diz que contou sobre o ocorrido para um garçom, que passou a ajudá-la, pois se sentiu mal com o episódio chegando a chorar. Então, dois funcionários do estabelecimento cuidaram da advogada, pois em seu aniversário “sentiu-se injuriada e discriminada por ser negra”.

Diante da situação, Isabel iniciou uma ação contra a cantora. De acordo com o jornalista Erlan Bastos, do canal Em Off, ela está sendo processada pelo crime de racismo no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Cantora nega e se defende

Luísa Sonza usou as redes sociais para se defender das acusações. Na noite desta quinta-feira (17), a namorada de Vitão pediu que seus fã-clube não acreditasse na história.

“Gente, tudo isso é mentira. Não acreditem nisso. Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole”, pediu.

“Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele. Jamais. Essa acusação é absurda. Minha equipe já está tomando todas as providências jurídicas quanto ao caso”, finalizou.

Ao ., o advogado da cantora, José Estevam Macedo Lima, informou que sua cliente não foi notificada oficialmente. Leia a íntegra do comunicado:

“A assessoria jurídica da artista Luísa Sonza, através do seu advogado José Estevam Macedo Lima, vem a público informar que tomou conhecimento do referido processo pela mídia.

Que a cantora até a presente data não foi citada de nenhuma ação que venha a lhe imputar o fato que está sendo noticiado.

Que as acusações são falsas, inverídicas e vêm em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista.

Informa, ainda, que nunca ofendeu ou discriminou qualquer pessoa. Causa estranheza as acusações de racismo, pois até a presente data a artista não recebeu qualquer notificação das autoridades policiais sobre a suposta investigação.

Todas as medidas administrativas e judiciais serão adotados para proteger a honra e a intimidade da artista.”

A reportagem procurou Isabel Macedo de Jesus para falar sobre o caso, mas não teve retorno até o fechamento deste texto.

Veja publicações de Luísa Sonza no Twitter:

Confira vídeo de Erlan Bastos, do canal Em Off, no YouTube:




Fonte: . / UOL